RitualO ritual é uma linguagem que une uma comunidade. O ritual serve para criar um espaço consentido estabelecido. Ritual serve para criar comunidade. Quando Moshe cruzou o mar, cantaram porque uma canção é uma forma de ritual de criar comunidade. 

 O ritual dá identidade. 

O ritual revive eventos importantes, como o seder de Pessach. Existe outra característica do ritual que é muito mais profunda e menos conhecida que é a luta contra o caos. Deus não cria, Ele organiza... Transforma caos em ordem. Chaos management. Não é a ordem da Criação, mas a criação da Ordem! 

O ritual é uma atividade que se repete. E isto é um ritual porque é um processo repetitivo, a criação da ordem, através da palavra! Ele impõe um sentido sobre o caos. O caos não gosta de limite, esta é a essência do ato divino da criação. O rotula, se utiliza da estrutura dos momentos caóticos. Os momentos de caos na vida do ser humano se apresentam geralmente em momentos de transição. 

A havdalá replica o modelo de Gênesis da criação, da harmonia para o caos. Estabelecer um sistema de parâmetros que dá um sentido à vida. Dar aos seres humanos ferramentas para que as pessoas saibam o que vem, porque os rituais antecipam as atividades. 

O ritual cria não apenas disciplina, mas um padrão dentro de um mundo incerto. No mundo judaico, a partir do capítulo I de gênesis pode ser controlado mas não eliminado. A transformação está no ritual. 

 Chag Sameah

Floriano Pesaro Secretário de Estado do Desenvolvimento Social 

Deputado Federal
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião