Gal Gadot  diz porreta em recado para o Recife

Comic Con: Protagonista de Mulher-Maravilha diz 'porreta' em recado para o Recife.

Gal Gadot usou gíria nordestina em vídeo feito especialmente para a convenção.

Próximo filme da DC Comics a chegar aos cinemas, Mulher-Maravilha foi destaque no painel da Warner Bros. neste sábado, na Comic Con Experience (CCXP) Nordeste. Cerca de cinco minutos de conteúdo inédito do longa foram exibidos em primeira mão no evento. Antes da prévia, a protagonista, Gal Gadot, apareceu ao lado de Chris Pine em um vídeo feito exclusivamente para a convenção. Saudando os pernambucanos, a atriz usou a expressão "porreta", despertando gargalhadas no público.

Os trechos inéditos mostram um pouco mais do despertar de Diana (Gadot) para os superpoderes e a dinâmica dela com Trevor (Pine). Exibido logo após o trailer de Liga da Justiça, que também tem a participação da heroína, o vídeo mostra uma nítida diferença na forma como a personagem é retratada. Enquanto nas cenas do longa da superequipe há sinais de sexualização da Mulher-Maravilha, o filme solo dela vai no caminho contrário.

Certamente, o fato de ter uma mulher na direção faz toda a diferença. Zach Snyder, diretor do filme da Liga e também de Batman vs. Superman, este último responsável pela estreia de Gal Gadot no universo cinematográfico da DC Comics, não abriu mão de closes nas pernas de atriz e em outras partes do corpo. A objetificação chegou ao ponto de o filme ter uma cena com calcinha da personagem aparecendo em câmera lenta, algo que se repetiu também no trailer de Liga da Justiça. 

A visão da diretora Patty Jenkins sinaliza que Mulher-Maravilha deverá trazer uma rara não sexualização de super-heroínas no cinema, além de um necessário protagonismo feminismo entre tantas adaptações das HQs estreladas por figuras masculinas.

A Mulher-Maravilha de Jenkins, pelos trechos exibidos na CCXP, é tudo aquilo que se espera de uma personagem feminina: forte, determinada, empoderada e independente. Inclusive, uma das cenas subverte totalmente o clichê da mulher em apuros salva por um homem; é Diana quem tira Trevor da situação de perigo. 

Os trechos inéditos também mostram que o filme da heroína terá muita ação, com cenas de embates físicos bastante interessantes, inclusive com uso do famoso laço da verdade, arma clássica da personagem. Mulher-Maravilha estreia no Brasil em 1º de junho.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião