07/03/2017

Polícia Federal indicia terroristas da Operação Hashtag

Polícia Federal indicia terroristas da Operação HashtagBrasília - Durante os dez meses de investigação, foram cumpridos 74 mandados, sendo 40 de prisões e 8 de condução coercitiva, segundo a PF.

Polícia Federal indicia mais oito por organização terrorista em operação.

A Polícia Federal informou que o inquérito da Operação Hashtag, que investiga suspeitas de terrorismo no Brasil, foi concluído nesta segunda-feira.

Segundo a Federal, durante os dez meses de investigação, foram cumpridos 74 mandados judiciais, sendo 26 de busca e apreensão domiciliar, 40 de prisões temporárias e preventivas e oito de condução coercitiva, todos expedidos pela 14ª Vara Federal de Curitiba/PR.

Além dos oito investigados denunciados pelo Ministério Público Federal à Justiça Federal, a Polícia Federal indiciou mais oito investigados. Os indiciados podem responder por crimes de associação criminosa e promoção de organização terrorista, cujas penas somadas podem chegar a 11 (onze) anos de reclusão.

A primeira fase da Hashtag foi deflagrada em julho do ano passado, semanas antes da Olimpíada do Rio. Na ocasião, dez brasileiros foram presos suspeitos de compor uma célula terrorista internacional do Estado Islâmico, no País,que estaria preparando atentados durante os Jogos.

#Operação Hashtag

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

3 comentários:

  1. Eu estou em uma dessas fotos, não fui indiciado, não fui bem sequer acusado. E vou processar você, seu marginal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, vai processar a PF também e todos os jornais que publicaram. Fake!!!

      Excluir
    2. Se você chama de terroristas pessoas que não foram sentenciadas e algumas nem foram acusadas formalmente, então você é o bandido pego em flagrante. E vou processar o estado também que praticou fraude processual para forjar indícios contra algumas pessoas que foram presas nesse caso. Eles tinham ordem superior (exterior) para prender, mas não tinham motivo (base jurídica) então eles forjaram isso e, se no brasil houver justiça, haverá indenização sim, para pelo menos 10 dos 16 presos. E já te adianto um segredo, TODOS seremos absolvidos, se não nessa instância (pois o juiz da primeira instância precisa entregar o que vendeu) com certeza na instância superior.

      Excluir

Deixe sua opinião