O que é Purim? E o significado da Festa
Tel Aviv vem se preparando para Purim (Foto: Ruben Castro)
A Festa de Purim é celebrada todo ano em 14 de Adar. Comemora a salvação do povo judeu na antiga Pérsia da trama de Haman “para destruir, matar e aniquilar todos os judeus, jovens e velhos, crianças e mulheres, num único dia.”

A história resumida:

O império persa do 4º século AEC abrangia mais de 127 países, e todos os judeus eram seus súditos. Quando o Rei Achashverosh mandou executar sua esposa, a Rainha Vashti, por recusar-se a cumprir suas ordens, ele organizou um desfile de beleza para encontrar uma nova rainha. Uma moça judia, Esther, foi a escolhida e tornou-se a nova rainha – embora ela se recusasse a divulgar qual era sua nacionalidade.

Nesse interim, o antissemita Haman foi nomeado primeiro ministro do império. Mordechai, o líder dos judeus (e primo de Esther), desafiou as ordens do rei e se recusou a inclinar-se perante Haman. Haman ficou ofendido e convenceu o rei a emitir um decreto ordenando o extermínio de todos os judeus em 13 de Adar – data escolhida por um sorteio feito por Haman.

Mordechai reuniu todos os judeus, convencendo-os a se arrepender, jejuar e rezar a D'us. Enquanto isso, Esther pediu ao rei e a Haman que fossem com ela a um banquete. Esther revelou ao rei sua identidade judaica. Haman foi enforcado, Mordechai foi nomeado primeiro ministro no lugar dele, e foi emitido um novo decreto – concedendo aos judeus o direito de se defenderem contra seus inimigos.

Em 13 de Adar os judeus se mobilizaram e mataram muitos dos seus inimigos. Em 14 de Adar eles descansaram e celebraram.

Purim Passo-a-Passo

Purim, celebrado em 14 de Adar, é o dia mais divertido, mais movimentado do ano judaico. Há 2.400 anos, Haman, o primeiro-ministro da Pérsia, persuadiu o Rei Achashverosh a emitir um decreto ordenando o extermínio de todos os judeus. Mordechai, o líder dos judeus, reuniu seu povo, conclamando-o para que se unissem em preces e arrependimento. Enquanto isso sua prima Esther, que devido a uma milagrosa cadeia de eventos era a rainha de Achshverosh, persuadiu o rei a poupar o povo judeu. Achashverosh acedeu ao pedido, Haman foi enviado às galés, Mordechai se tornou primeiro-ministro, os judeus se foram bem-sucedidos na defesa contra seus inimigos, e… nós celebramos!
Embora costumemos nos vestir com roupas de festa, Purim não apresenta as restrições de trabalho dos feriados. Apesar disso, é muito bom se você conseguir não trabalhar neste dia e se concentrar na festa e suas mitsvot.


Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião