Judeia e Samaria coloca EUA contra IsraelJerusalém, 06 - Os Estados Unidos notificaram Israel de que impor sua soberania sobre a Cisjordânia poderia levar a uma "crise imediata" com a Casa Branca, afirmou hoje o ministro da Defesa israelense, Avigdor Lieberman.

"Recebemos uma mensagem direta - não algo indireto ou sinalização - dos Estados Unidos. Impor a soberania sobre Judeia e Samaria (o nome israelense para a Cisjordânia) iria trazer uma crise imediata com o governo do presidente Donald Trump", afirmou Lieberman ao Parlamento.

Os comentários do ministro foram feitos em reação a uma entrevista do parlamentar Miki Zohar, do partido do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu. Nela, o membro do Likud rejeitou a ideia de um Estado Palestino e advogou a solução de um único Estado, no qual os palestinos teriam cidadania israelense apenas parcial.

"A solução de Dois Estados está morta", afirmou Zohar a um canal de tevê israelense. "O que existe é a solução de um único Estado com os árabes recebendo uma cidadania não plena, uma vez que a cidadania plena os deixaria aptos para votar para o Knesset (Parlamento israelense). Eles terão todos os direitos dos demais cidadãos, exceto votar no Knesset", disse o parlamentar.

"Eles poderão votar e eleger em suas cidades, que terão autonomia mas sob soberania israelense e com total controle da segurança por parte de Israel", acrescentou Zohar.

Lieberman afirmou ter recebidos ligações "de todo o mundo" questionando se a proposta de Zohar refletia a posição do governo de Netanyahu, e pediu que a coalizão "clarifique essa posição, de que não há intenção de impor a soberania israelense." 

Fonte: Associated Press.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião