01/03/2017

Hebraica suspende palestra com Bolsonaro

Hebraica suspende palestra com Bolsonaro Após reação da comunidade judaica, Hebraica suspende palestra com Bolsonaro.
 Ante a 4 mil assinaturas de petição contra a palestra, presidente da Hebraica, Avi Gelberg diz que “seria mais adequado fazer um evento com todos os pré-candidatos, num modelo equilibrado e democrático”.

Na segunda-feira (27), a Hebraica de São Paulo recuou e cancelou palestra com o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), pré-candidato à Presidência da República em 2018. A possibilidade do evento não agradou boa parte da comunidade judaica. Uma petição na internet reuniu cerca de 4 mil assinaturas contra a presença do parlamentar no clube.
Segundo o presidente da Hebraica, Avi Gelberg, ficou definido “que seria mais adequado fazer um evento com todos os pré-candidatos, num modelo equilibrado e democrático”.
“Foi a manifestação de todos e todas contrários à possibilidade de dar palanque ao Bolsonaro através deste abaixo-assinado e pelas redes sociais que fez com que o clube voltasse atrás”, escreveu Mauro Nadvorny, autor da petição.
As posições do Bolsonaro levaram ao protesto contra o evento. “Ele representa a extrema direita brasileira e em todas oportunidades em que lhe é permitido falar, explora e ataca as minorias entre as quais, nós judeus, nos encontramos”, justificou Nadvorny. “Ele é homofóbico, misógino, racista e antissemita por natureza e convicção. Idolatra a extrema direita neonazista e admira os torturadores da ditadura militar, a qual enaltece em todas as oportunidades.”
O rabino Michel Schlesinger apoiou o cancelamento. “O judaísmo tem tradição de debate. Mas a liberdade de expressão não pode servir de plataforma para a propagação de ideologia discriminatória e apologética à ditadura”, disse à Folha de S. Paulo.

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

9 comentários:

  1. É triste saber que oa judeus estão de certa forma apoiando a esquerda na qual essa sim idolatra ditadores como Che Guevara que torturou e matou milhares de pessoas dentre elas judeus. Bolsonaro não é nada do que a mídia prega. Ele é cristão e inclusive até foi batizado em Israel. Ele é o único que defende a continuação dos valores judaico-cristãos que estão sempre sendo atacados pela libertinagem e imoralidade da esquerda. Pobre de vocês se continuarem a defender seus assassinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bolsonaro é um grande defensor do Estado de Israel. Lamento que existam judeus que trabalham contra o Estado de Israel. A esquerda é nazista e tem judeus apoiando a esquerda.

      Excluir
    2. Nazista é você, se tivesse o mínimo de sanidade mental iria saber que nós judeus somos contra qualquer tipo de posição de extrema direita, apoiamos a liberdade, igualdade e oportunidades iguais!

      Excluir
    3. Então, defender a igualdade e ser "esquerdopata"? Maniqueísmo, a gente vê por aqui.

      Excluir
  2. Jair Bolsanaro anti-semita? Mas que mentira mais deslavada! Já vi várias entrevista dele enaltecendo a política de Israel, principalmente como restauraram desertos e fizeram campos de agricultura. Inclusive o mesmo já visitou o país. É uma pena...um político que tem a coragem de falar o que pensa, e que pensa em nosso país como uma nação grande realmente. E por causa de grupos que preferem pensar em si mesmos do que em um todo que é o Brasil.

    ResponderExcluir
  3. NÃO ACRETIDO NO QUE LI AGORA! Existe Judeus esquerdopatas também? Lamentável saber que apoiam partido políticos ditatoriais simpatizantes da Rússia Comunista de Cuba comunista esses mesmo que cansaram de perseguir e matar vários irmãos judeus pelo mundo afora...bem disseram "Nem todos que são de Israel são de fato ISRAELITAS!". LAMENTÁVEL.

    ResponderExcluir
  4. Sou judeu e não vejo em todo o tempo que apoio Bolsonaro nenhuma atitude anti-semita esse trouxa que fez essa afirmação é mais um alienado esquerdista. Cara idiota, como que o cara pode ser anti-semita se apoia a tradição e posições de Israel e seu governo. Ridículo essa atitude.

    ResponderExcluir
  5. Jaime bolssonaro e um cara bom . Amo o povo judeu mas na minha opinião tem uns mal informado sobre bolssonaro. Quem não presta e PT PMDB PSDB aí só tem malandro

    ResponderExcluir
  6. Isso é uma inverdade sobre Bolssanaro,Ele de extrema direita sim.Mas homofóbico e contra a minoria isso é uma inverdade. Ele preserva os valores que o mundo novo condena .

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião