Ele fotografou mais de dez guerras e saiu ileso de todas | Foto: Shmuel Browns / Reprodução / CP
Ele fotografou mais de dez guerras e saiu ileso de todas 
Fotojornalista israelense David Rubinger morre aos 92 anos.

Jerusalém, 3 Mar 2017 (AFP) - O fotojornalista israelense David Rubinger morreu na quarta-feira (01) em Jerusalém aos 92 anos, anunciou a Associação de Imprensa Estrangeira (FPA) nesta quinta-feira (02).

Sua foto de três paraquedistas israelenses olhando o Muro das Lamentações após a tomada de Jerusalém leste por Israel durante a Guerra dos Seis Dias ficou registrada como uma das imagens emblemáticas do conflito.

"David Rubinger morreu em paz hoje em Jerusalém", informou a FPA.

Nascido em junho de 1924 em Viena, fugiu do nazismo e se instalou na Palestina em 1939, naquele momento sob o poder britânico. Durante a Segunda Guerra Mundial serviu a brigada judaica do exército britânico. 

Em um livro publicado em 2007, Rubinger afirma que começou a trabalhar como fotojornalista após prestar serviço militar, e que mais tarde foi contratado pela revista Time Life. 

David Rubinger morre aos 92 anosDurante 50 anos cobriu as guerras e a política israelense, registrando em imagens a história social e cultural do Estado hebreu, criado em 1948.

Fotografou as sucessivas ondas migratórias de judeus provenientes da Europa, países árabes, Rússia e Etiópia. 

"Rubinger tirou mais de meio milhão de fotografias", escreveu nesta quinta-feira o jornal Haaretz.

Fotos essas que, de acordo com o periódico, "documentam momentos cruciais da história de Israel e ajudam a definir sua consciência coletiva".

David Rubinger recebeu o Prêmio Israel em 1997, em reconhecimento ao seu trabalho.

Foi um homem afável, sociável, com um dom para contar histórias, além de ser muito popular entre seus colegas.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião