Na conexão desta semana temos a revelação dos 10 mandamentos no Monte Sinai. 

É uma passagem  tão bonita e intensa, que quase passa despercebido um pequeno, mas muito importante diálogo, onde o Eterno pede para Moisés orientar o povo a não fazer deuses de prata e de ouro.

Os deuses de prata e de ouro, referidos aqui no texto, são muito mais do que esculturas de idolatria à outros deuses. Na verdade, a idolatria mencionada aqui se refere ao dinheiro, jóias, bens materiais, fama e posição social, que desde aquela época são o foco e a razão de viver de muitos de nós.

Que possamos então nesta semana começar a abandonar o que não serve mais. Precisamos nos perguntar se estamos cultuando a prata e o ouro, ou se estamos em busca do essencial, aquilo que realmente traz alegria à nossa vida.
Axact

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

1 comments:

Deixe sua opinião