Israel acusou o Hamas de tentar invadir celulares de seus soldados fingindo ser mulheres
Autoridades militares israelenses afirmaram ter descoberto um golpe de militantes do Hamas para invadir telefones celulares de soldados de Israel.

Foto: Defesa de Israel
Eles adotariam identidades de mulheres para fazer amizade e depois levar os militares a baixarem, sem saber, um aplicativo espião.
Dezenas de soldados foram convencidos a instalar o aplicativo, que controlava as câmeras e microfones do telefone.Segundo um porta-voz das forças de defesa de Israel, o Hamas não conseguiu ter acesso a segredos de maior importância.Ele disse ainda que a maioria dos militares enganados era de baixas patentes. Os hackers estariam interessados em obter informações sobre manobras militares, forças e armamentos israelenses na Faixa de Gaza.Autoridades israelenses também disseram que as fotos usadas no esquema eram de mulheres reais. As imagens foram retiradas sem autorização dos perfis delas em mídias sociais.O porta-voz israelense, que não teve o nome revelado, apresentou à imprensa algumas das fotos usadas e mensagens dos hackers "flertando" com os soldados."Um segundo. Vou te enviar uma foto, meu querido", escreveu um hacker em uma das trocas de mensagens."OK. Ha-ha", respondeu um soldado logo antes de receber a foto de uma mulher loira.Os soldados recebiam um link para baixar um suposto aplicativo de conversas

Os soldados recebiam um link para baixar um suposto aplicativo de conversas
Foto: Defesa de Israel
Axact

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião