Donald Trump diz que ONU virou clube de diversão
Donald Trump - Coisas Judaicas

Trump afirma que revés de Israel na ONU não atrapalhará a paz.

Pinimba entre Israel e Palestina vira alvo da verborragia do presidente eleito. Já Obama diz não ter dúvidas de que o venceria.

Estados Unidos - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, está questionando o papel da Organização das Nações Unidas (ONU), três dias após o Conselho de Segurança aprovar resolução que condena colônias israelenses em terras palestinas. “A ONU tem tanto potencial, mas agora é só um clube para as pessoas se reunirem, conversarem e se divertirem. Muito triste!”, escreveu Trump no Twitter.

Na sexta-feira, quando a resolução foi aprovada por 14 dos 15 membros do Conselho de Segurança (os EUA se abstiveram), Trump disse que ficaria “muito mais difícil negociar a paz” com a derrota de Israel na ONU. “Mas vamos conseguir mesmo assim!”, tuitou.

O embaixador israelense nos Estados Unidos, Ron Dermer, disse à CNN nesta segunda-feira que o país tem provas do envolvimento do governo Barack Obama na resolução. “Nós vamos apresentar essa prova ao novo governo. Se eles quiserem compartilhar, podem fazê-lo”, disse Dermer. 

Já em clima de despedida, o presidente Barack Obama afirmou ontem que venceria o republicano Donald Trump se tivesse disputado as últimas eleições no país. Em entrevista à CNN, Obama disse que muitas pessoas no país seguem dizendo que sua mensagem é a correta. “Tenho confiança nesta visão. Tenho certeza que se tivesse voltado a me candidatar e tivesse a articulado, acredito que poderia mobilizar a maioria do povo americano a me apoiar", afirmou. Obama, contudo, não pode concorrer a nenhum outro cargo, por ter sido eleito para dois mandatos na Casa Branca.
Axact

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião