A partir deste sábado, 24 de dezembro, os lares judaicos vão ficar mais iluminados por conta da festividade de Chanucá, a Festa das Luzes, uma importante celebração para o povo judeu.
Ano após ano, em Chanucá, as luzes são acesas em todos os lares judaicos e a chanukiá (candelabro de oito braços) é colocada perto de alguma janela, onde possa estar de frente para a rua. Na primeira noite, acende-se a vela da extrema direita e, em cada noite subseqüente, acrescenta-se uma nova vela.

Chanucá lembra o episódio ocorrido no mês de Kislev, no ano 164 antes da era comum, quando os gregos entraram no Templo sagrado, e violaram todo o óleo que lá se encontrava, e que seria usado nos serviços religiosos. Os Macabeus conseguiram uma vitória sobre os invasores, ao iniciarem a arrumação do Templo, procurando colocá-lo em condições para o culto, e ao quererem acender a Menorah, encontraram um único recipiente com óleo que não tinha sido violado. E apesar deste óleo ser suficiente apenas para um único dia, ocorreu o milagre deste óleo poder ser utilizado por oito dias, tempo este que permitiu que o Templo de Jerusalém pudesse ser reconsagrado e purificado.
Da mesma forma que nossos antepassados fizeram há mais de dois mil anos, estamos celebrando a vitória do povo judeu em se manter fiel às suas tradições. Que as luzes da chanukiá iluminem os caminhos da paz, da solidariedade e da tolerância.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião