,

Latest News

loading...

27/11/2016

O que os israelenses comem na rua?

O que os israelenses comem na rua?Falafel, shawarma, sabich, hummus e shakshuka. Os nomes parecem estranhos, nada soa familiar ao português. É que na verdade esses nomes são de comidas populares nas ruas de Israel. Na maioria das vezes, é aquela refeição que o israelense come quando está sem tempo de parar e de se alimentar decentemente, mas que também já entraram para a cultura popular do pequeno país do Oriente Médio. Conheça um pouco mais de cada uma delas:
Vamos começar pelo hummus, que já está inserido nos cardápios de muitos restaurantes no Brasil. Trata-se de uma pasta de grão de bico misturada com tahine, uma pasta de gergelim. O que faz a diferença mesmo é a maneira como ele é temperado: forma-se uma vala no meio dele, onde bastante azeite é derramado, depois se adiciona muita páprica, zaatar (mistura de especiarias) e pimenta preta, tudo salpicado. Além de colorido, é um prato bastante nutritivo.
Já o falafel são aquelas bolinhas de grão de bico fritas,  geralmente é servido como um sanduíche, na pita. Também vai em sua composição hummus, tahine, batata frita e saladas de acordo com a preferência do cliente. Uma dica: experimente com amba, uma conserva preparada à base de manga, cúrcuma e mostarda da Índia, que dá um toque especial ao sanduíche.
O sabich (pronuncia-se sabirr, arranhando bem o “r” na garganta), é no estilo do falafel, porém, no lugar das bolinhas de grão de bico tem-se muita berinjela frita, além de um ovo inteiro cozido, hummus e saladas.
O shawarma é parecido com o churrasco grego, entretanto, a carne que recheia o sanduíche na pita geralmente é de carneiro. Acrescenta-se a isso salada de alface, tomate, pepino, picles, batata-frita e hummus. 
A shakshuka, além de ser facilmente encontrada em restaurantes, é uma refeição bem caseira. Trata-se de ovos cozidos diretamente no molho de tomate, pimenta, pimentão, cebola, alho, cheiro-verde e demais temperos. O sabor é forte. Pode acompanhar pão ou arroz.
A comida em Israel é sempre bem condimentada, o que é típico de regiões desérticas, onde é necessário estimular a vontade de beber água para a pessoa não desidratar. Entretanto, basta pedir “ló charif” (pronuncia-se ló rrarif), para que a comida não venha apimentada, e bom apetite (beteavon).

Google+ Followers

Seguidores

ormal Real Time Web Analytics