Museu Judaico SP recebe prêmio de arquiteturaO projeto arquitetônico do Museu Judaico de São Paulo, criado pelos arquitetos Simoni Saidon e Mauro Martins, do escritório Botti Rubin, recebeu o prêmio de “Melhor Projeto” na categoria “Centro de Convenções, Centro Culturais e Museus” no “13º Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa”. “Um concurso com cinco escritórios de arquitetura foi realizado para o projeto do Museu Judaico de São Paulo. Com esse prêmio, vemos que nossa escolha foi a mais acertada e adequada ao Museu, e nos sentimos extremamente felizes por esse reconhecimento” declarou Roberta Sundfeld, diretora executiva do Museu Judaico de São Paulo.
Em 1999, na sede do Colégio Renascença, Alberto Kremnitzer, Alexandre Carasso e Marcos Feldman criaram o embrião da futura Associação dos Amigos do Museu Judaico no Estado de São Paulo, visando à criação do Museu Judaico, sediada na Rua Oscar Freire, em local cedido por Feldman. Em 2000, no clube A Hebraica, representantes de diversas entidades reuniram-se e foi fundada, oficialmente, a Associação dos Amigos do Museu Judaico. Quatro anos depois, em 24 de abril de 2004, a AMJSP e a Congregação Israelita Ashkenazi de São Paulo assinaram um Contrato de Comodato. O Templo Beth-El, no centro de São Paulo tornou-se o endereço do novo Museu Judaico. Fonte: Web Judaica.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments: