Resultado de imagem para vidaPor Rabino Arieh Raichman - Beit Chabad de Manaus

Certa vez, em uma roda de amigas, uma mulher estava reclamando que queria ter mais filhos. Ela já tinha seis, Baruch Hashem, mas havia desafios médicos impedindo-a de ter mais. Na mesma mesa estava outra jovem senhora que não tinha filhos. Ela desejava ter pelo menos um. Essa mulher estéril rezou, e através de anos de tratamento foi finalmente abençoada com uma criança.
Similarmente aconteceu com Dan, o filho do patriarca Yaacov. Enquanto Dan e sua esposa foram cercados por muitos sobrinhos e sobrinhas, eles tiveram um único filho que era surdo, chamado Chushim.
Chushim teve muitos filhos e descendentes. De fato, um dos censos aponta a tribo de Dan como sendo a segunda maior tribo de Israel. Eles foram capazes de falar e se tornaram líderes, como consta que um dos descendentes de Dan foi o artesão, Aholiav, que ajudou na construção do Tabernáculo. Isso nos ensina que basta uma pessoa, uma oportunidade, ou uma palavra para mudar uma comunidade toda para sempre...
O rabino David Lapin se estabeleceu em Joanesburgo, África do Sul e administrava uma empresa de consultoria enquanto liderava uma sinagoga. O desafio de equilibrar ambas as ocupações era grande, e ele estava em um grande dilema sobre o que fazer. Ambos trabalhos tomavam seu tempo inteiro.
Numa oportunidade viajou aos Estados Unidos marcando um encontro com o Rebe de Lubavitch. Na reunião, o Rebe lhe disse que deveria continuar praticando as duas funções e ainda aumentar suas aulas e atividades judaicas. Para o rabino Lapin, parecia demais. Sentiu-se limitado em seu impacto sobre as pessoas e incapaz de cumprir as diretrizes do Rebe.
O Rebe virou-se para ele e disse: "Vou explicar a sua dificuldade. Você acha que a interação humana é uma reação química, e não é. Em uma reação química, você tem dois elementos que reagem e resulta em um terceiro composto como resultado disso. No entanto, as pessoas não são produtos químicos.
"Quando as pessoas interagem é uma reação nuclear. Em uma reação nuclear você tem que pensar em termos de um ponto central e uma esfera, que reage em todas as direções ao mesmo tempo. E com o aumentar dos anéis exteriores daquela esfera, o número de pessoas que você está tocando torna-se maior e maior, sem limites. Então, quando você toca o coração de uma pessoa ocorre uma explosão nuclear, porque essa pessoa, por sua vez, tocará tantas outras. E cada pessoa que você tocar- mesmo que seja em uma interação de um momento - se você realmente tocá-la, haverá uma explosão nuclear, em termos de impacto".
http://www.beitchabad.org.br/
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments: