Coisas Judaicas : Israelense avança na cura do melanoma
[ ]
Latest News Updates
Israelense avança na cura do melanoma
12/09/16 Posted by Coisas Judaicas

Israelense avança na cura do melanomaA Dra. Levy descobriu como o melanoma (câncer da pele), formada na camada superior da pele (epiderme), penetra em camadas inferiores.



A renomada revista Nature Cell Biology publicou nesta 2ª-feira (22/8) um artigo importante sobre a descoberta inédita de pesquisadores da Universidade de Tel Aviv, liderada pela Dra. Carmit Levy e com colaboração de Universidade de Heildelberg, Alemanha, e dois hospitais israelenses. A Dra. Levy descobriu como o melanoma (câncer da pele), formada na camada superior da pele (epiderme), penetra em camadas inferiores. 
No estágio inicial, o câncer não pode se espalhar, pois a epiderme não tem vasos sanguíneos que sirvam de “autoestradas” para expandir o tumor. Estes vasos entretanto se encontram em abundância na dermis, a camada sob a epidermis. A Dra. Carmit Levy (foto) diz: “descobrimos que antes mesmo do câncer penetrar na dermis, ele envia moléculas MicroRNA, que formam minúsculas bolhas, que se preparam para receber o câncer. Entendemos que se conseguirmos barrar estas bolhas, pararemos a doença toda.” A equipe não parou na descoberta: agora foi pesquisar quais os elementos químicos que poderiam intervir e parar a evolução nas primeiras etapas – e o descobriram.
Mesmo que ainda não haja o remédio e levará algum tempo para se obtê-lo, os médicos estão empolgados pelo pioneirismo da descoberta da equipe liderada pela Dra. Carmit Levy, com a esperança de que a melanoma – a mais agressiva forma de câncer de pele – seja facilmente curada.
A Dra. Carmit Levy, de 40 anos, é considerada uma das promissoras jovens pesquisadoras em Israel e no mundo. Fez seu doutorado na Faculdade de Bioquímica da Universidade Hebraica de Jerusalém e o concluiu com mérito excepcional. Continuou com pós-doutorado em Harvard, onde se aprofundou no estudo do câncer da pele. Foi cortejada com inúmeras ofertas e dinheiro para trabalhar no exterior, mas decidiu retornar a Israel “onde há inúmeras pessoas brilhantes”. Segundo os colegas, sendo séria na pesquisa e no trabalho, a Carmit tem uma personalidade especial, diferente e jovial. Até a grande notícia da publicação do seu importante e inovador descobrimento recebeu durante suas férias – ela é pesquisadora e leciona Genética na Faculdade de Medicina, na Universidade de Tel Aviv – estando num track nas montanhas da Europa e não num cômodo hotel.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics