Coisas Judaicas : Felicidade no casamento
[ ]
Latest News Updates
Felicidade no casamento
08/08/16 Posted by Coisas Judaicas

Felicidade no casamento



Tenha muito cuidado ao fazer uma mulher chorar, porque D’us conta suas lágrimas. — Talmud, tratado de Bava Metzia 59a.

O Tanakh (Bíblia Sagrada/Hebraica) e o Talmud, nos ensinam a como podemos ser felizes em nosso casamento. Aprendamos com os sábios, de abençoada memória, a como tratar outros; e a como aplicar tais conselhos na romântica vida de casado. Leia a Bíblia, aprenda, e coloque em prática! 

Dedico este texto a minha esposa, רבקה הדסה, que amo muito, a quem procuro diariamente agradar, o que ocorre naturalmente quando se ama alguém verdadeiramente. Mas creio que o conteúdo seja do interesse de todos, judeus ou não, que são casados, ou que tenham o sonho de se casarem.

Trate bem sua esposa, valorize-a! Este texto é sobre Yanah/Ona’at debhari:m (Opressão pelas palavras/Ofensa por palavras) — Causar sofrimento ou tristeza aos sentimentos de outras pessoas por meio de palavras. Lembrando que Rabbi Rashi também comentou sobre isso.
Rabi YoHanan disse em nome de Rabi Shimon bar YoHai “É melhor para o homem atirar-se em uma fornalha ardente, a não constranger sua companhia em público. ”
Uma pessoa deve sempre ter cuidado sobre [a proibição] causando ‘constrangimento/sofrimento’ à sua mulher, porque as lágrimas – sendo frequentes – [significa que a punição para], ao fazer com que ela sofra, está próxima. ”

E mesmo que os portões de oração estejam fechados, os portões de lágrimas não estão. O Eterno ouve o clamor do (a) justo (a), e não fica em silêncio perante as lágrimas. (Salmos 39:13) O rabino Helbo disse: “Um homem deve estar sempre vigilante (extremamente cuidadoso) com a honra de sua esposa, a bênção só é encontrada na casa de um homem por causa de sua esposa (o mérito da prosperidade que é concedida a sua casa é da esposa), como é dito: ‘E a Abhrām, ele era bom por causa dela. ’ — Gênesis 12 [Bere’chith] XII:15”

“E este é [semelhante ao] que Rava disse ao povo de MeHoza:”. Dê a honra á sua esposa, de modo que você pode ser ‘abençoado’. Tendo por base Levítico 25:17, somos advertidos contra as ofensas por palavras, onde pode ser aplicado para que o homem não ofenda sua companhia, nem enganá-la com conselhos, dos quais ela não possa se defender; avaliar a intenção por de trás das palavras em se causar o mal, também é importante. ‘Por que se pode dizer que ona’ah é uma ofensa mais grave, até mesmo do que uma fraude nos negócios? Pois esta é dirigida contra a própria pessoa, mais do que contra sua propriedade.
Felicidade no casamento
 ’ (Pensamento entre aspas simples, baseado no de Steinsaltz) Fraude é uma das traduções para (אונאה) ona’ah, envolvendo (ינה) Yanah, ou seja, desonestidade, enganar, oprimir, tiranizar, maltratar, referindo-se a um (a) injustiçado (a). Basicamente: “causar sofrimento”. Desde frustrar alguém, ofender, insultar diretamente, até mesmo a decepção. Uma ofensa passível de punição nas mãos dos céus.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics