Fábrica de Schindler poderá virar Museu do HolocaustoFundação adquire local onde industrial alemão, retratado em filme por Spielberg, salvou milhares de judeus das mãos do regime nazista e pretende transformá-lo em memorial. 

A antiga fábrica do empresário Oskar Schindler (1908-1974) na localidade tcheca de Brnenec poderá ser convertida num novo memorial do Holocausto, noticiou o jornal tcheco Pravo. Segundo o diário, uma fundação comprou o terreno para onde, em 1944, Schindler mudou sua fábrica, que originalmente ficava em Cracóvia, na Polônia. 

O local esteve inutilizado por décadas. O fundador e diretor do The Endowment Fund Memorial of Shoah and Oskar Schindler, Jaroslav Novak, explicou ao jornal que já conta com o apoio das autoridades locais, mas ainda busca recursos para financiar o projeto, que tem por objetivo restaurar todo o complexo. "Nosso objetivo principal é restaurar o edifício e a área ao redor, retornando à condição histórica original, incluindo as torres de observação e o hospital", afirmou Novak. Ele disse acreditar que o projeto deverá receber financiamento público, já que o edifício restaurado deverá atrair muitos turistas. 

 Segundo uma biografia do historiador americano David M. Crowe, Schindler foi "um oportunista com coração de ouro" que salvou a vida de 1.200 judeus durante o nazismo. O cineasta Steven Spielberg constou a história do empresário no filme A lista de Schindler, de 1993, que ganhou sete Oscars, incluindo os de melhor filme e direção. 

 Graças a seus bons contatos com as autoridades nazistas de Cracóvia, adquiriu a empresa Deutsche Emailwarenfabrik, chamada Emalia, que havia sido propriedade de um judeu. Após adquirir a fábrica, Schindler a transferiu para Brnenec, junto com os centenas de trabalhadores judeus que empregou e, assim, salvou de serem deportados para os campos de extermínio.
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião