Coisas Judaicas : 500 Rabinos discutem antissemitismo na Europa
[ ]
Latest News Updates
500 Rabinos discutem antissemitismo na Europa
24/08/16 Posted by Coisas Judaicas

500 Rabinos discutem antissemitismo na EuropaMoscou (RV) - Um total de 500 rabinos de mais de 30 países europeus participam desde o último domingo (21/08), no Centro Comunitário Judaico de Moscou (Bairro Maryina Roshcha), das discussões sobre o aumento do antissemitismo na Europa, além de questões relativas ao desenvolvimento da vida da comunidade judaica. A informação é do o serviço de imprensa da Federação das Comunidades Judaicas da Rússia (FJCR).

Mudanças positivas na Rússia

"O próprio fato de que uma tal conferência em larga escala de rabinos está sendo realizada em nosso país sugere mudanças positivas, como a que aconteceu na Rússia na última década. Devido à política rigorosa do governo do país contra qualquer manifestação de antissemitismo, estas ocorrências tornaram-se marginais. As comunidades religiosas estão realizando fortes atividades educacionais e espirituais em todas as localidades povoadas do país, não somente em suas grandes cidades", afirmou o Rabino-chefe russo, Berel Lazar em seu discurso no evento.

O Estado está devolvendo propriedades religiosas para os fieis, novas igrejas - em vez das destruídas no século passado - estão sendo construídas a cada ano, os laços entre os representantes das religiões tradicionais estão se desenvolvendo, disse Lazar.

Aumento do antissemitismo na Europa

"Infelizmente, não é assim na Europa. Nós muitas vezes testemunhamos incompreensão, inimizade declarada e manifestações claramente antissemitas. A situação é tão crítica que muitos judeus que vivem na Europa estão considerando seriamente a emigração", reiterou ele.
Nestas condições, é importante prover os judeus europeus com o apoio espiritual e compartilhar experiências com eles, disse o rabino.
Os trabalhos do grande encontro de Rabinos da Europa teve início no domingo.
Visitas a outras cidades
Nos próximos dias, os Rabinos visitarão Smolensk, Lubavichi na região de Smolensk, Liozna e Liady na Bielorrússia, bem como Almaty. Eles visitarão túmulos dos "Justos", relacionados com a história do Hassidismo (ndr - movimento judaico) e participar de orações coletivas e eventos solenes.

Biblioteca Schneerson

Os trabalhos do encontro em Moscou terá continuidade na área do Museu Judaico e  Centro de Tolerância, onde os líderes judeus terão a oportunidade de ver uma coleção exclusiva de livros da renomada biblioteca Schneerson, no braço da Biblioteca Estatal da Rússia. A sessão final do fórum terá lugar no Moscow Jewish Community Center, em 25 de agosto.

Luta contra o antissemitismo

Os participantes da conferência, que está sendo organizada sob a égide da FJCR e do Rabinato Chefe da Rússia, discutirá as medidas a serem adotadas na luta contra o terrorismo, os problemas de antissemitismo na Europa, a situação das comunidades judaicas na Rússia e no exterior, as consequências da política das "portas abertas" para os refugiados na UE, bem como as questões da realização do diálogo inter-étnico e inter-religioso.
(JE/Interfax)

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics