Coisas Judaicas : As épocas de nossa vida
[ ]
Latest News Updates
As épocas de nossa vida
29/07/16 Posted by Coisas Judaicas


Resultado de imagem para o último shabat

O último Shabat de cada mês – que pode ser qualquer dia, do 23º ao 29º – é o Shabat Mevarechim HaChodesh – "O Shabat que abençoa o mês." Neste Shabat, uma prece especial é recitada dando nome ao novo mês, identifica o dia (ou dias) de seu Rosh Chodesh (cabeça do mês) e implora a D'us para "renová-lo… para a vida e paz, para alegria e júbilo, para liberdade e consolação." Segundo o ensinamento chassídico, a "bênção do mês" evoca o fluxo de sustento e energia espiritual para o mês vindouro.

Assim, os dias de encerramento de cada mês são um fenômeno único – uma junção no terreno do tempo no qual dois tempos especiais coincidem. Por exemplo, um determinado Shabat pode ser 25 de Av. Como tal, é parte integrante de Av, um segmento de tempo cuja qualidade é "luto e consolação"; pranto pela destruição do Templo Sagrado e a ruptura de nosso relacionamento com D'us que isso representa, e consolação o potencial de renovação que existe em cada regressão. Ao mesmo tempo, é também o Shabat que "abençoa" e introduz as qualidades do vindouro mês de Elul – um mês caracterizado pela compaixão Divina e pela intimidade com D'us.

O mesmo é verdadeiro sobre todo Shabat Mevarechim; enraizado em um mês e tempo especial, evoca o tempo especial do mês seguinte, estimulando o fluxo de energia espiritual que impregna o próximo dos doze segmentos de tempo que formam nosso calendário.

A Lição

Aqui há uma lição sobre como devemos vivenciar e utilizar os vários períodos de tempo de nossa vida.

Com freqüência, chegamos a um ponto na vida no qual somos inspirados a "virar uma nova página"; a reavaliar nosso passado, e reajustar, ou mesmo transformar totalmente, nossa opinião anterior e nossa atitude para com a vida.
Muitas vezes, isso é acompanhado por uma "ruptura" com o passado, uma rejeição de tudo que foi realizado anteriormente. É como se tudo que fizemos até este ponto devesse ser erradicado para dar lugar a nosso "novo" eu.

Porém como nos ensina o Shabat Mevarechim de todo mês, tempos especiais diferentes formam uma cadeia na qual cada elo é uma superação de seu predecessor. Sim, um novo ano, mês, semana, dia, hora ou momento devem sempre provocar-nos a uma nova compreensão, um novo sentimento, uma nova realização: o próprio fato de que passamos de um período de tempo para outro significa que devemos explorar o novo potencial implícito neste novo ambiente. Ao mesmo tempo, no entanto, devemos avaliar como cada momento novo é "abençoado" pelo momento anterior, que nutre e enriquece seu vizinho com suas próprias qualidades e conquistas.

http: www.beitchabad.org.br

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics