Coisas Judaicas : Rabino Yehuda Glick visita Monte do Templo pela última vez
[ ]
Latest News Updates
Rabino Yehuda Glick visita Monte do Templo pela última vez
23/05/16 Posted by Coisas Judaicas

Rabino Yehuda Glick visita Monte do Templo pela última vez Jerusalém (TPS) – Ativista no Monte do Templo e novo membro do Knesset (parlamento israelense) pelo partido Likud, Yehuda Glick aproveitou a manhã desta segunda-feira, 23/5, para visitar pela última vez, antes de sua posse, o Monte do Templo, um disputado local sagrado, que também abriga a Mesquita de Al-Aqsa.

Glick, um rabino nascido nos EUA, com uma distinta barba avermelhada, é um defensor da oração judaica no Monte do Templo. Atualmente, partes do local estão abertas para visitas de pequenos grupos de judeus, mas apenas os muçulmanos podem orar ou realizar quaisquer atos de culto.

Os membros do Knesset agora estão proibidos, por ordem do primeiro-ministro, de visitar o Monte do Templo, devido ao temor de que isso desperte exaltações em torno do local sagrado, o que poderia resultar em violência. A área do Monte do Templo e Mesquita Al-Aqsa tem sido o principal foco de conflito, e as tensões em torno do local são vistas como um fator que contribui para a recente onda de terrorismo contra israelenses.

Glick disse que não iria desafiar a proibição e a chamaria de permissão de oração judaica no local "de dentro do Knesset".

Glick foi proibido anteriormente de visitar o Monte do Templo devido ao receio de que sua presença poderia causar desordens e tumulto. Depois de ser absolvido das acusações de molestar uma mulher palestina, no entanto, foi-lhe concedido autorização de entrada no local há três meses.

Ele mal sobreviveu a uma tentativa de assassinato quando foi baleado por um atirador palestino do lado de fora do Centro Begin de Jerusalém (Centro de patrimônio cultural em memória de Menachem Begin) em outubro de 2014, logo após uma conferência sobre a presença judaica no Monte do Templo. De acordo com Glick, antes de atirar, o atirador disse a ele, "você é um inimigo da Al-Aqsa."

Ele foi colocado no final da lista do partido Likud para o Knesset, na última eleição, e não obteve um assento. No entanto, após a renúncia do ministro da Defesa, Moshe Ya'alon, na semana passada, Glick tomará posse como o mais novo membro da Knesset, representando o partido Likud. A cerimônia de posse foi programada para a noite de segunda-feira (23/5).

Fonte: TPS / Texto: Joshua B. Dermer / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Cortesia

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics