Coisas Judaicas : Netanyahu defende o processo de paz palestino
[ ]
Latest News Updates
Netanyahu defende o processo de paz palestino
23/05/16 Posted by Coisas Judaicas

Netanyahu defende o processo de paz palestino
Jerusalém (TPS) - O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu disse no domingo (22/5) que uma coalizão parlamentar expandida vai dar novo impulso para as negociações de paz com os palestinos. 

Os comentários foram feitos na reunião semanal de gabinete depois de fechar um acordo para trazer cinco assentos do Knesset (parlamento israelense), do partido Yisrael Beiteinu do parlamentar Avigdor Liberman, para a coalizão, com Liberman como o novo ministro da Defesa.

"Quero esclarecer que o novo governo vai continuar a trabalhar em direção a um processo político com os palestinos, e vamos fazê-lo com a ajuda de agentes regionais", disse Netanyahu, procurando acalmar as preocupações de que Liberman, linha dura, irá dificultar o diálogo com os palestinos. "Desde o início, quando foi estabelecida a coligação, eu disse que a minha intenção é ampliar a coalizão", ressaltou Netanyahu. "Sessenta e um é melhor do que 59, mas a coalizão mais ampla possível é a coisa mais importante para Israel."

O atual governo de Israel tem mantido a mais estreita maioria possível, de 61 parlamentares de um total de 120. Um acordo com o partido Yisrael Beiteinu aumentaria maioria da coalizão para 66 parlamentares, depois que uma legisladora do Yisrael Beiteinu anunciou que não iria se juntar com seu partido.

Em uma reunião com ministros do Likud no início do dia, Netanyahu expressou que continua aberto no sentido de incluir na coalizão o partido União Sionista de oposição, liderado pelo presidente do Partido Trabalhista, Isaac Herzog. Netanyahu mencionou que vários cargos ministeriais permanecem em suas mãos, incluindo a pasta do Ministério das Relações Exteriores, que Herzog disse tinha sido oferecido a ele na semana passada em uma rodada de discussões que fracassaram.

De acordo com Herzog, Netanyahu ofereceu-lhe o cargo de ministro das Relações Exteriores, bem como compromissos verbais genéricos sobre como trabalhar em direção a uma solução de dois Estados com os palestinos – mas recusou o pedido da Herzog para se comprometer a essas promessas por escrito.

Fonte: TPS / Texto: Jonathan Benedek / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Hillel Maeir

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics