05/05/2016

Homem israelense é condenado por queimar adolescente palestino

Homem israelense é condenado por queimar adolescente palestino
Jerusalém (TPS) - Yosef Chaim Ben David foi condenado na noite desta terça-feira,3/5, no Tribunal Distrital de Jerusalém pelo assassinato de um adolescente palestino em 2014. Além disso, Ben David vai pagar cerca de US$ 40 mil dólares (mais de R$ 140 mil reais) em restituição à família da vítima.
Ben David foi considerado culpado e condenado em 19 de abril pelo sequestro, tortura e posterior assassinato do palestino de 14 anos, Mohammed Abu Khdeir. Ele também foi julgado e considerado culpado de um sequestro malsucedido e tentativa de homicídio de um jovem palestino na noite anterior.
"Pelo crime de homicídio, o Tribunal sentencia Ben David à pena obrigatória de 25 anos de prisão. Pelos outros crimes condenamos a uma pena adicional de 20 anos de prisão", afirmou o juiz presidente em sua sentença. No total, Ben David terá que cumprir 45 anos de prisão.
Durante seu depoimento, Ben David pediu desculpas à família da vítima e alegou que ele não estava no controle de suas ações devido a um episódio psiquiátrico. O juiz, no entanto, determinou que ele não estava insano e é, portanto, responsável pelo crime.
"A natureza cumulativa da sentença foi dada devido à natureza cruel de seus crimes", disse o juiz.
O condenado de 29 anos de idade era o suspeito principal do assassinato junto com outros dois menores, os quais já foram condenados a penas de prisão de 20 anos.
Fonte: TPS / Texto: Michael Zeff / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Hillel Maeir

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião