Coisas Judaicas : Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por ano
[ ]
Latest News Updates
Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por ano
20/05/16 Posted by Coisas Judaicas

Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por anoUma pequena equipe de pesquisadores com sede nas colinas fora de Jerusalém está projetando uma tecnologia que poderia potencialmente salvar milhares de vidas de mulheres por ano. 
A empresa por trás disso, Illumigyn, está utilizando uma tecnologia de imagem avançada originada no exército israelense, para desenvolver um hardware médico que os ginecologistas poderiam utilizar para melhor identificar e tratar o câncer cervical e outras doenças nas inspeções de rotina para mulheres.
“O produto está pronto e esta é uma experiência revolucionária para a paciente, para a qualidade do serviço e para a capacidade de tratar as mulheres, não somente no ponto da lesão ou do problema, mas também por toda a sua vida”, disse Ran Poliakine, o empreendedor serial que financia o projeto.
A empresa está trabalhando sob a orientação de Poliakine em um campus próximo de sua casa em Neve Ilan, um pequeno moshav a aproximadamente 20 minutos de carro a oeste de Jerusalém. O campus abriga 12 empresas apoiadas por Poliakine, que fez seu nome com a empresa de carregamento sem fio Powermat Technologies, a qual ele fundou em 2006.
Poliakine e seus parceiros se envolveram com Illumigyn há cerca de três anos, quando Lior Greenstein, o fundador da empresa e Diretor de Tecnologia que trabalhou anteriormente com Wellsense, o procurou com a ideia. Poliakine reconheceu que era um risco enorme, disse ele, mas também viu que havia um potencial para mudar os cuidados com a saúde da mulher. Eles verificaram isso, consultaram-se com ginecologistas e oncologistas e acreditaram que a ideia poderia dar certo.
Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por ano
Empreendedor Ran Poliakine, que apoia a Illumigene
“Eles me convenceram que, com menos de US$ 5 milhões, podemos chegar lá”, disse Poliakine. “Com essas empresas que acreditamos que podem ir até o fim, estamos financiando-as”.
O carro-chefe da empresa, o Gynescope, é um dispositivo de imagem compacta que utiliza tecnologias de visão de máquina originalmente concebidas pelo exército israelense para permitir que os ginecologistas trabalhem e vejam de uma forma que não era possível antes. Ele será utilizado para realizar colposcopias, exames cervicais, biópsias e outros procedimentos.
A tecnologia de visão de máquina captura imagens e as analisa automaticamente para aplicações práticas industriais e outras. O software reconhece as características pré-programadas na imagem, parecido de algum modo com a tecnologia de reconhecimento de voz, mas para informação visual. Quando essas características são identificadas, o programa pode disparar diferentes ações.
Os fundadores da Illumigyn estão agora trazendo a tecnologia para as clínicas de ginecologia. Eles desenvolveram uma câmera que olha dentro da área cervical com diferentes comprimentos de onda de luz, para identificar o tecido anormal.
O câncer cervical é o quarto câncer mais comum em mulheres, embora a introdução de exames de Papanicolau tenha reduzido drasticamente a taxa de morte por esta doença, especialmente nos países desenvolvidos. Em 2012, aproximadamente 266.000 mulheres morreram por causa da doença, de acordo com o Relatório Mundial de Câncer da Organização Mundial da Saúde de 2014. A doença é especialmente mortal nos países em desenvolvimento, onde a detecção precoce e o tratamento são mais difíceis.
Poliakine acredita que muitas dessas mortes são evitáveis. Os espéculos de hoje em dia utilizados por ginecologistas para realizar exames geralmente são descartáveis, de plástico e equipados com uma luz de fibra ótica que permite que os médicos vejam, mas a partir de uma determinada distância e apenas em luz visível.
Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por ano
O Gynescope, aqui usando uma flor para fins ilustrativos, capta microscópica vídeo de alta definição. (Times de Israel)
“Muitos dos cânceres cervicais e muitos dos padrões irregulares no tecido que indicam câncer ou outras doenças podem ser facilmente visualizados por luz fluorescente, ultravioleta ou infravermelha e o olho humano não pode vê-los”, disse Poliakine. “É totalmente subjetivo e há uma taxa muito baixa de triagem de saúde da mulher para o câncer cervical e para outras doenças e para muitas coisas que podem realmente colocar suas vidas em risco”.
O Gynescope da Illumigyn procura por doenças enquanto elas ainda estão em desenvolvimento, utilizando diferentes comprimentos de onda de luz. A empresa tomou as tecnologias existentes, incluindo os sistemas de visão de máquina e criou uma câmera ótica sofisticada que se encaixa dentro do punho de um espéculo padrão utilizado por ginecologistas. O vídeo é de alta definição, até o nível microscópico, com uma câmera que percorre através de diferentes comprimentos de onda de luz. Em cada comprimento de onda, ele varre para diferentes padrões irregulares. Por exemplo, o câncer cervical poderia estar em seu estágio bastante inicial logo abaixo do tecido superficial e invisível a olho nu, mas visível com luz infravermelha, disse Poliakine. As mulheres se consultarão com o ginecologista e realizarão exames da mesma maneira que fazem agora.
Empresa médica israelense espera salvar milhares de vidas de mulheres por ano
O Gynescope utiliza diferentes comprimentos de onda de luz, incluindo luz infravermelha e ultravioleta, para verificar se há tecido potencialmente perigoso (Times of Israel)
Eles pretendem desenvolver um banco de dados de imagem, que será comparado com o que os ginecologistas estão vendo em tempo real e lhes sugerir onde pode haver algum problema. Eles serão capazes de comparar as imagens de sua paciente com um banco de imagens de milhares de outras imagens. O processo terá como base a tecnologia de reconhecimento padrão existente.
Poliakine disse que haverá quatro principais benefícios para a saúde das mulheres. Os ginecologistas serão capazes de ver, enquanto trabalham, de uma forma totalmente nova. Eles desenvolverão um arquivo de imagens para cada mulher, para que possam comparar suas imagens atuais com as de suas visitas anteriores. Eles serão capazes de sugerir quando poderia haver um problema e serão capazes de orientar os médicos através de procedimentos.
Do lado da tecnologia, Illumigyn fez o trabalho que precisa ser feito, disseram. Os desafios são agora o desenvolvimento de um banco de dados com um número suficiente de imagens.
Até agora, a resposta do campo tem sido extremamente positiva.
“Já finalizamos tudo na fase de desenvolvimento. As primeiras mulheres estão testando, estamos coletando os dados e estamos lançando o sistema”, disse Poliakine.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

1 Comentários:

  1. Maravilhoso é um grande avanço e de enorme contribuição para o universo feminino.

    ResponderExcluir

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics