Coisas Judaicas : Nova Bíblia Online mostra a conexão do povo judeu com a Terra de Israel
[ ]
Latest News Updates
Nova Bíblia Online mostra a conexão do povo judeu com a Terra de Israel
04/04/16 Posted by Coisas Judaicas

Nova Bíblia Online com videos e fotografias mostra a conexão do povo judeu com a Terra de Israel


Uma Bíblia online exclusiva, centrada na conexão do povo judeu com a Terra de Israel, foi lançada na Internet. O projeto, chamado “The Israel Bible” (A Bíblia de Israel), foi iniciado por uma organização chamada Israel 365, com sede na cidade de Beit Shemesh, no centro de Israel. "Estamos certamente vivendo em tempos críticos, onde consolidar o apoio bíblico a Israel na comunidade cristã sionista é mais importante do que nunca neste momento", disse o rabino Tuly Weisz, fundador e diretor da organização Israel 365, ao serviço de imprensa Tazpit (TPS). A organização utiliza videografia e fotografia para mostrar significado e atributos religiosos de Israel.

O projeto da Bíblia de Israel fornece aos leitores e assinantes uma série de recursos educacionais. Além dos comentários escritos por dez dos principais educadores e guias turísticos de Israel que explicam a conexão do povo judeu com a Terra de Israel, a Bíblia também vem equipada com mapas interativos do Google que mostram os vários locais de inúmeros eventos na Bíblia em toda a Terra de Israel.

Embora Israel tradicionalmente receba uma quantidade significativa de apoio da comunidade cristã evangélica, o rabino Weisz disse à TPS que proporcionar essa ferramenta educacional para os cristãos, bem como para judeus é de significativa importância à luz dos recentes acontecimentos. "A voz evangélica em Israel está sendo afastada para longe de nós pelo movimento BDS, que realmente está visando corroer o apoio evangélico a Israel", salientou o rabino Weisz. "Esta Bíblia de Israel, que é dirigida aos evangélicos cristãos sionistas, pode ajudar os evangélicos a aumentar o conhecimento do que a Bíblia diz sobre Israel e a quem Israel pertence, bem como a fonte do direito do judeu à Terra de Israel".

O BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções), movimento contra Israel, ao longo dos últimos anos tem tentado convencer os membros da comunidade cristã evangélica a adotar uma posição teológica anti-Israel. O rabino Weisz ressaltou que no início do mês de março "aconteceu o Christ at the Checkpoint (Cristo no posto de controle) em Belém, uma conferência evangélica anti-Israel e pró-BDS". A conferência foi promovida pelo Bethlehem Bible College (Instituto Bíblico de Belém) e diversos palestinos e cristãos evangélicos de vários países foram convidados a fim de "desafiar os evangélicos a assumir a responsabilidade de ajudar a solucionar [o conflito entre Israel e Palestina]" e "criar uma plataforma para sério compromisso com cristãos sionistas e um fórum aberto para o diálogo em curso entre todas as posições dentro do espectro teológico evangélico". "Não foi uma conferência católica. Foi uma conferência evangélica", ressaltou o rabino Weisz. "Eles não gostam que os evangélicos são associados como pró-Israel e eles estão tentando fazer com que a comunidade evangélica questione a reivindicação judaica a Israel", afirmou o rabino.

O rabino Weisz disse que a única maneira de conseguir que os evangélicos questionem a validade da reivindicação do povo judeu à Terra de Israel é acrescentando detalhes e perspectivas na Bíblia que não estavam lá antes. "A única maneira de conseguir que evangélicos questionem o direito do povo judeu à Terra de Israel é reescrevendo a Bíblia e fazendo com que leiam coisas na Bíblia que simplesmente não estão lá", explicou o rabino Weisz. "Por exemplo, eles dizem que Deus rejeitou Israel e que ele tinha um pacto com Israel e, depois rejeitou o seu pacto e substituiu Israel". "Eles afirmariam, desta forma, que não temos o direito à terra e que nós a estamos roubando dos 'legítimos' proprietários palestinos", continuou o rabino Weisz.

A Bíblia de Israel já alcançou um marco de numerosos assinantes e leitores. "Temos cerca de 10 mil pessoas que assinaram para seus próprios planos personalizados de leitura, apenas nas últimas semanas desde que lançamos o site", disse Weisz à TPS. A Bíblia também incentiva a divulgação de conteúdos informativos e educacionais nas redes sociais. "Nós incorporamos uma tecnologia inovadora que permite às pessoas obter pontos por comentar, fazer perguntas e compartilhar", explicou o rabino Weisz.

O Rabi Weisz permanece muito esperançoso e otimista de que o projeto Bíblia de Israel tenha sucesso na divulgação de conhecimento e consciência na comunidade cristã evangélica, sobre a justa e legítima reivindicação de Israel à Terra de Israel. "Estamos esperançosos de que a Bíblia de Israel irá proporcionar às pessoas a munição educacional para aprimorar suas crenças e entender que Deus deu a Terra de Israel para os judeus eternamente, não revogou a Sua aliança, não quebrou Sua promessa e não substituiu o povo de Israel em qualquer ponto, nunca".

Fonte: TPS / Texto: Jonathan Benedek / Tradução: Alessandra Franco / Foto: TheIsraelBible.com

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics