03/04/2016

Bingo, cartas e afins

Pergunta:
É permitido jogar cartas, participar em bingos por dinheiro?

Resposta:
"O que é proibido é proibido, e o que é permitido, nem sempre é necessário".

Estes "passa-tempos", (já se auto-qualificam pelo nome) o que deixam para trás? Dinheiro ou desgraça?
A vida de um judeu não é um jogo de sorte ou azar. De acordo com a filosofia judaica, nossa vida, ocupações e forma de sustento devem possuir conteúdo e construtividade. Jogos de cartas, bingos, etc, não são uma maneira judaica de aquisição de ganhos. Um judeu não deposita seu sustento nem seu tempo nestas práticas, mas no estudo da Torá e em ações positivas que beneficiem não apenas a si, mas a todos em sua volta, o que certamente não é promovido por jogos.
O tempo judaico deve ser bem empregado: "apostar" na Torá e nas "regras" que ela nos trás, legisladas por Àquele a Quem devemos nosso verdadeiro sustento e sucesso na vida: D’us. O resto…é só passa-tempo!

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião