Coisas Judaicas : Ataques cibernéticos a Israel do Anonymous
[ ]
Latest News Updates
Ataques cibernéticos a Israel do Anonymous
14/04/16 Posted by Coisas Judaicas

Ataques cibernéticos a Israel do 'Anonymous' são mais promocionais que prejudiciais, dizem especialistas em ciberdefesa.

Os ciberataques lançados pelo grupo hacker anti-Israel ‘Anonymous' estão mais para propaganda exagerada do que ações prejudiciais, de acordo com especialistas israelenses em segurança cibernética, que afirmam que a cobertura da mídia tem o objetivo apenas de fomentar medo desnecessário e fora de sincronia com a realidade da ameaça.
Anonymous, um grupo de hackers organizado de forma amadora, que tem como alvos atacar desde o PayPal até o ISIS, tem tentado anualmente, desde 2013, invadir sites israelenses no dia 7 de abril, quando lançou sua campanha contra Israel no Dia de Lembrança do Holocausto no país, conhecido como Yom Hashoah. Este ano, o grupo ameaçou realizar ataques cibernéticos em escritórios do governo e divulgar dados pessoais de cidadãos israelenses em uma operação apelidada de "Operação Israel".
Embora até agora tenha havido apenas pequenos vazamentos de informações de cartão de crédito de israelenses, obtidos de sites mal protegidos. Especialistas afirmam que o grupo hacker Anonymous tem provado ser uma organização relativamente amadora, incapaz de violar sistemas israelenses, que são altamente protegidos.
Em uma entrevista ao serviço de imprensa Tazpit (TPS), Jonathan Glinger, um advogado de direito cibernético, descartou a ameaça como histeria injustificada.
"Todo ano vemos a mesma coisa", disse Glinger. "O Anonymous tem uma lista de sites que diz ter apagado ou que está atacando, mas quando você passa por todos eles, você percebe que alguns podem ter tido seu funcionamento interrompido temporariamente, mas que voltaram a funcionar muito rapidamente".
De acordo com Glinger, a extensão das ameaças cibernéticas contra Israel não aumenta particularmente em 7 de abril. "Eu não estou dizendo que não há necessidade de ser vigilante. É necessário ser vigilante durante o ano todo. Ser vigilante apenas um dia, no entanto, não é suficiente", ele disse à TPS.
A principal estratégia do Anonymous é gerar artificialmente tráfego para websites, de maneira a sobrecarregá-lo até ele cair, explicou Nitsan Sabdan, do Centro de Estudos para Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança em Computadores de Israel (IL-CERT) em uma entrevista à TPS. IL-CERT é o centro de comando civil de Israel para segurança cibernética.
Esta tática hacker, conhecida como "ataque distribuído por negação de serviço" (DDoS), é relativamente básica e mal pode ser considerada uma ameaça, disse Sabdan.
"Normalmente, o que vemos é uma grande quantidade de atacantes de baixo nível que também usam ferramentas de baixo nível. A maioria de seus participantes não são muito hábeis em delito cibernético, já que sua ênfase é na quantidade e não na qualidade. Por isso, eles permanecem mal qualificados. Até agora não houve nenhum dano considerável para qualquer site ou serviço israelense".
Sabdan falou com desprezo a respeito das atividades do Anonymous ridicularizando suas habilidades em divulgar endereços de email desatualizados e a escassez de mecanismos avançados à disposição deles.
"Eles afirmam ter muitos dados e ferramentas, no entanto os verificamos com frequência e não encontramos nada de novo, ameaçador ou perigoso. Suas ações neste último 07 de abril foram simplesmente uma outra 'Operação Israel'. Este ano terminará provavelmente em mais um fracasso para eles, assim como ocorreu em anos anteriores", previu Sabdan.
Além da fragilidade em perícia do Anonymous, Sabdan mencionou a formidável infraestrutura de proteção de Israel contra ameaças cibernéticas.
"A forte infraestrutura de Israel é muito avançada. Nosso centro de operações, IL-CERT, é composto pelos melhores especialistas em segurança cibernética de Israel. A base de conhecimento é enorme e os invasores não possuem táticas suficientes, e assim podemos reduzir seus ataques".
Enquanto Sabdan admitiu que ‘o dia ainda não terminou’ e que a possibilidade de surpresas não pode ser negligenciada, ele concluiu que pouco dano seria causado, e concordou com Glinger sobre o barulho desproporcional promovido pelos meios de comunicação a respeito do assunto.
"Há uma grande diferença entre os exageros da mídia e a realidade. O Anonymous também tenta fazer um estardalhaço a respeito de suas atividades com objetivo de atrair mais atacantes cibernéticos”.

Fonte: TPS / Texto: Alexander J. Apfel / Tradução: Bruno Scala / 

Foto: IDF

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics