Coisas Judaicas : Terrorista cibernético palestino é preso
[ ]
Latest News Updates
Terrorista cibernético palestino é preso
28/03/16 Posted by Coisas Judaicas

Terrorista cibernético palestino é preso
Terrorista cibernético palestino é preso, acusado de espionagem em avião israelense
Beer-Sheva (TPS) - A Agência de Segurança de Israel (Shin Bet) anunciou na quarta-feira, 23/3, que foi capturado e indiciado um cyber-terrorista palestino que recolheu informações sobre aeronaves civis e militares de Israel.
Majder Aweida, um palestino de 23 anos de idade, é um engenheiro da computação e especialista em tecnologia cibernética de Gaza, que trabalhou como radialista e produtor de uma estação de rádio pertencente ao movimento islâmico Jihad.
De acordo com a acusação apresentada no Tribunal Distrital de Beer-Sheva, Aweida invadiu com sucesso o sistema de vigilância do setor Gaza da Força Aérea de Israel entre os anos de 2011-2015 e permitiu que o movimento islâmico Jihad em Gaza tivesse acesso completo, em tempo real e em alta definição, aos voos de vigilância da IDF sobre Gaza.
O movimento palestino Jihad Islâmica é categorizado pelo governo israelense, pelo Departamento de Estado dos EUA e pela União Europeia como uma organização ilegal terrorista. Ela é a segunda maior facção militar e política em Gaza e é considerada o representante do Irã na Faixa de Gaza.
Adicionalmente a acusação afirma que Aweida desenvolveu um software que lhe permitiu coletar dados sobre os movimentos de aeronaves no Aeroporto Internacional Ben Gurion, como números de pista, tipos de aeronaves e seu peso, detalhes de passageiros e horários de chegada e partida.
O Shin Bet disse que Aweida foi preso em fevereiro de 2016, quando ele deixou Gaza, para entrevistar candidatos palestinos na Judéia e Samaria para um show de talentos que ele estava produzindo.
De acordo com o Ministério da Justiça, Aweida foi acusado de vários crimes contra a segurança nacional de Israel, incluindo espionagem, crimes cibernéticos, e associar-se a uma organização considerada terrorista.
De acordo com o Shin Bet, Aweida apresentou uma confissão completa e admitiu durante o interrogatório a autoria dos crimes de que foi acusado.
Fonte: TPS / Texto: Michael Zeff / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Hillel Maeir

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics