Coisas Judaicas : Jovens árabes e judeus correm Maratona de Jerusalém juntos
[ ]
Latest News Updates
Jovens árabes e judeus correm Maratona de Jerusalém juntos
21/03/16 Posted by Coisas Judaicas

Jovens árabes e judeus correm Maratona de Jerusalém juntosJerusalém (TPS) – A Sexta Maratona Internacional de Jerusalém, uma das maiores de Israel, com cerca de 30 mil participantes de 65 países, foi realizada na sexta-feira, 18/3. O queniano Kipkogey Shadrack venceu a prova masculina com um tempo de 2h16m33s, e a companheira queniana Joan Jepchir superou todas as outras mulheres com 2h38m30s.

Mais atrás, outro grupo também estava pegando seu passo: uma equipe única de corredores judeus e árabes em uma exibição de coexistência. Corredores Sem Fronteiras é um grupo misto árabe-judaico de corrida constituído por cerca de 70 corredores, muitos deles adolescentes. A maioria dos atletas são de Jerusalém, e geralmente são mais participantes árabes do que judeus. O grupo inclui duas equipes de corrida distintas: uma para meninos e outra para meninas. O grupo das meninas foi fundado por Shoshana Ben-David, 18 anos, pouco antes do início da operação Margem Protetora em Gaza, no verão de 2014. A equipe dos meninos foi fundada na mesma época por Israel Haas, 36, um administrador de empresas de Jerusalém.

Jovens árabes e judeus correm Maratona de Jerusalém juntos"É natural para nós participar da principal corrida do ano, uma vez que treinamos em Jerusalém", disse Haas ao Serviço de Imprensa Tazpit (TPS). "É simbólico porque esta é a primeira equipe árabe-judaica a correr e competir na Maratona de Jerusalém. Quero enfatizar a palavra 'competir', porque estamos correndo para vencer", afirmou.

O evento contou com vários percursos competitivos: uma maratona (42km), uma meia-maratona (21km) e uma corrida de 10km. Outros percursos não-competitivos, incluindo uma corrida de 5 km, uma corrida de diversão em família (1,7 km), e uma corrida comunitária de 800m. Haas disse que cerca de 40 dos membros do grupo competiram na maratona este ano. No entanto, ele também descreveu dificuldades que o grupo tem enfrentado devido ao clima de tensão política. "Nós dificilmente conseguimos recrutar meninos judeus", disse Haas à TPS, "por causa da situação e todo o medo. Eu não posso culpá-los, talvez eu teria medo como eles. Você pode ver a complexidade da situação".

De acordo com Haas, esta é a primeira vez que árabes de Jerusalém oriental, a maioria dos quais não têm cidadania israelense, correram a maratona.

Jovens árabes e judeus correm Maratona de Jerusalém juntos"Até que haja uma solução para a situação [política], eles só querem viver suas vidas e tomar parte no que a cidade lhes oferece", explica Haas. "Eles querem ser tratados como cidadãos iguais da cidade de Jerusalém".

Fonte: TPS / Texto: Michael Bachner (com colaboração de Jesse Lempel) / Tradução: Alessandra Franco / Fotos: Hillel Maeir

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics