Coisas Judaicas : Corrida em prol das vítimas do terrorismo
[ ]
Latest News Updates
Corrida em prol das vítimas do terrorismo
21/03/16 Posted by Coisas Judaicas

Corrida em prol das vítimas do terrorismoJerusalém (TPS) - A poeira da Maratona de Jerusalém na sexta-feira, 18/3, vai baixando, mas a corrida está longe de terminar para a Fundação Koby Mandell, uma organização israelense que dá suporte para crianças e famílias que foram vítimas do terrorismo.

A fundação entrou em campo com uma equipe de cerca de 60 corredores – muitos deles estudantes americanos em seu ano sabático, estudando em yeshivas israelenses – e levantou mais de US$ 30 mil dólares (mais de R$ 100 mil reais), disse o rabino Seth Mandell, presidente da fundação, ao Serviço de Imprensa Tazpit (TPS).

A Fundação Koby Mandell leva o nome de Koby, filho de Mandell, que foi assassinado com a idade de 13 anos durante uma caminhada com seu amigo, em um ataque terrorista. Os autores do assassinato, que ocorreu em 2001, ainda não foram pegos. Após a tragédia, Seth e Sherri, pais de Koby, nascidos nos EUA, criaram a Fundação Koby Mandell em honra de seu filho. A fundação administra um acampamento de verão anual para crianças israelenses que perderam entes queridos, principalmente em ataques terroristas, além de oferecer serviços psicológicos e retiros ao longo do ano.

Para Mandell, a Maratona de Jerusalém tem um significado pessoal. "Koby era um atleta", disse Mandell à TPS. "Nós tentamos fazê-la em sua memória."

Os recursos captados na corrida vão para um retiro de pré-Páscoa em Eilat para 200 a 300 crianças de famílias enlutadas, "a maioria delas do terrorismo", disse Mandell. O acampamento vai incluir natação e banana boat na cidade resort, bem como aconselhamento psicológico e sessões de terapia.

“Agora, com pessoas sendo assassinadas diariamente", Mandell explicou, "o acampamento tem um impacto muito mais profundo sobre as crianças e famílias que sabem o que isso significa".

Mandell é especialmente tocado porque muitos dos meninos americanos que correram em nome da fundação juntaram-se através da sua bandeira da liga de futebol. Koby "poderia muito bem ter jogado em sua liga de futebol", disse Mandell. "A última coisa que fizemos juntos, na verdade, foi jogar futebol. É muito significativo que a sua energia continua a estar a serviço do mundo de formas ligadas ao esporte".

Fonte: TPS / Texto: Jesse Lempel (com colaboração de Jonathan Benedek) / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Hillel Maeir

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics