,

Latest News

loading...

22/02/2016

Vandalismo no Metrô de Londres condenando Israel

Vandalismo no Metrô de Londres condenando IsraelMilhões de passageiros, nesta manhã de segunda-feira, foram recebidos com uma série de anúncios no metro de Londres publicados pelo Boicote, Desinvestimento e Sanções (BDS) acusando Israel de torturar e massacrar palestinos e criticando as empresas britânicas com ligações com o Estado judeu. 

De acordo com uma reportagem do Jewish Chronicle, a campanha inclui quatro anúncios supostamente acondicionados em 500 trens. Os cartazes foram feitos para os ativistas anti-Israel do "Israel Apartheid Week". Uma instituição que afirma que armas britânicas foram usadas por Israel para "Massacre dos palestinos" na Operação Proteção Edge, enquanto outro diz que relatórios da BBC são tendenciosos em relação a Israel, e um terceiro criticando a empresa de segurança G4S por trabalhar em Israel. 

Notavelmente, a BBC foi recentemente criticada por Israel por ter alegado preconceito do Estado Judeu, depois que ele apresentou um relatório sobre os terroristas palestinos que foram mortos de uma forma que implica, segundo a BBC, que os terroristas fossem as vítimas. 

O departamento “Transport for London”, órgão que supervisiona o metrô de Londres, disse em um comunicado que não tinha aprovado os anúncios. "Estes não são anúncios autorizados", dizia o comunicado. "É postagem clandestina e, portanto, um ato de vandalismo que levamos muito a sério. O nosso pessoal e empreiteiros estão trabalhando para remover imediatamente qualquer poster encontrado em nossa rede."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião

Google+ Followers

Seguidores

ormal Real Time Web Analytics