19/02/2016

Praça de Jerusalém terá nome Shira Banki morta em parada gay

Praça de Jerusalém terá nome Shira Banki morta em parada gay
Uma praça de Jerusalém será renomeada em homenagem a uma jovem que morreu durante a Parada do Orgulho Gay da cidade em 2015.

Shira Banki, de apenas 16 anos, foi esfaqueada por um judeu ultra-ortodoxo, quando participava do evento e morreu no hospital três dias depois.
A Praça Zion será rebatizada como Praça da Tolerância e está sendo totalmente remodelada. A própria mãe da jovem faz parte da comissão que vai dar novo destino ao espaço e analisam as propostas para torná-la um ponto de amor e tolerância.
Foi neste local que amigos fizeram vigília pela saúde de Shira enquanto ela esteve internada lutando por sua vida após o ataque homofóbico.

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião