Novo aplicativo de Israel ajuda crianças com dificuldades de aprendizagem a digitar
IssieBoard - Coisas Judaicas

Uma ONG israelense lançou um aplicativo na semana passada projetado para ajudar crianças e adultos com dificuldades de aprendizagem a aprender a digitar. 
A ONG, Beit Issie Shapiro, que desenvolve e fornece terapias e serviços inovadores para as crianças com deficiência e suas famílias, colaborou com os desenvolvedores SAP para criar o aplicativo após um concurso de inovação realizado pela empresa de desenvolvimento.
O aplicativo é um novo teclado chamado IssieBoard, que serve como um teclado iPad adaptado em hebraico com características especiais possibilitando uma digitação mais fácil para crianças e adultos com dificuldades de aprendizagem, deficiências visuais e intelectuais e transtornos de desenvolvimento. Ele também pode ajudar os imigrantes que desejam aprender hebraico.
Yael Elstein, diretora do centro de consultoria tecnológica Beit Issie Shapiro disse ao serviço de imprensa Tazpit (TPS) que, enquanto tal tecnologia existe em inglês, não há equivalente em hebraico.
Os principais benefícios do teclado incluem a capacidade de personalizar praticamente qualquer recurso para atender às necessidades do usuário. Por exemplo, os usuários podem alterar as cores de fundo e das letras. Eles também podem personalizar o contraste, para fortalecer ou enfraquecer os vários efeitos visuais. Áreas diferentes do teclado também podem ser coloridas.
"Todas essas características são muito importantes para as pessoas com deficiência visual. Isso realmente faz com que digitar seja mais fácil para elas, quer seja uma ampliação do tamanho da tecla ou fazer as letras se destacarem, por exemplo, com letras finais (que somente aparecem ao final de palavras), que em hebraico muitas vezes pode causar erros de digitação. Ele realmente tem um impacto muito grande nas crianças ", disse Elstein à TPS.
Ela também disse que o teclado poderia contribuir com os novos imigrantes no desafio enfrentado por não estarem habituados ao teclado israelense. "Eu também acho que pode ser bom para os novos imigrantes, para aprenderem a digitar em hebraico, embora seja principalmente para pessoas com dificuldades", disse ela.
O aplicativo foi desenvolvido ao longo de vários meses, com a ajuda da terapeuta ocupacional da Beit Issie Shapiro, Noa Nitzan.
 Fonte: TPS / Texto: Alexander J. Apfel / Tradução: Alessandra Franco / Foto: Tamir Orbaum
Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião