Coisas Judaicas : Luta contra BDS “vai ser outros quinhentos”, afirma ministro de Segurança Pública de Israel
[ ]
Latest News Updates
Luta contra BDS “vai ser outros quinhentos”, afirma ministro de Segurança Pública de Israel
24/02/16 Posted by Coisas Judaicas

 Luta contra BDS “vai ser outros quinhentos”, afirma ministro de Segurança Pública de Israel
O Ministro de Segurança Pública de Israel, Gilad Erlan, discursou no domingo à noite, 21/2, sobre a ameaça feita pelo movimento Boicote Desinvestimento e Sanções (BDS) ao país, antes de uma audiência com judeus e apoiadores de Israel de todo o mundo. 

Durante a Coalisão Global para a conferência de Israel em um hotel em Jerusalém, Erdan ressaltou as estratégias israelenses para combater o movimento que tem ganhado repercussão nos últimos anos.

Erdan, cujo currículo de Relações Estratégicas inclui a luta contra o BDS, disse à plateia que esperava que a reunião significasse um marco na luta contra a deslegitimação. "O BDS está se expandindo em mais e mais países e territórios. Ele está construindo boas relações com os principais grupos. Estão usando tecnologia moderna para se divulgarem. As ameaças são conhecidas", disse ele.

Chamando de "otimismo cauteloso", Erdan passou a compartilhar os vários métodos em desenvolvimento para conter as atividades do BDS. Essas atividades do movimento BDS colocam desafios individuais, como tentativas de impedir artistas israelenses de se apresentarem em outros países, tentativas de colocar na lista negra os negócios que são feitos com Israel, além de ataques a ativistas judeus em defesa de Israel em campi universitários.

"Nós estamos desenvolvendo habilidades de identificar ameaças antes que elas sejam divulgadas. Uma vez identificadas, traremos os principais órgãos competentes e usaremos as várias opções disponíveis, que pode ser o uso da diplomacia, a ação nos bastidores, ou aplicação de medidas legais. Por tempo demais o BDS tem atacado Israel sem ser punido", declarou Erdan, sendo aplaudido pela plateia.

Atacar fontes de financiamento e degradar as atividades do BDS também foram mencionadas como estratégias. “Onde quer que eles operem, nós garantiremos que não haja espaço seguro para o BDS”, ressaltou. Erdan elogiou os vários governos estrangeiros que já implementaram legislação anti-BDS em seus respectivos países, incluindo Estados Unidos, Grã-Bretanha, Canadá e França.
O ministro também mencionou iniciativas tecnológicas, como plataformas de mídias sociais, que ele disse que Israel pretende utilizar com força maior. “Finalmente nós vamos nos tornar muito mais ativos nas mídias sociais. O nosso objetivo é espalhar a verdade tão rápido quanto nossos inimigos espalham a mentira”, garantiu. “O BDS [movimento] pode não perceber, mas em breve 'serão outros quinhentos'.

Por fim, Erdan concluiu declarando que a comunidade judaica ao redor do mundo tem um papel crucial. “Em Israel, nós entendemos que não sabemos tudo e não temos todas as respostas. Você está com os pés no chão e sabe o que está acontecendo. Esta reunião é muito importante para mim, pois nesta batalha, cooperação entre Israel e a comunidade pró-Israel não é só uma boa ideia, mas uma necessidade. Eu não consigo sozinho. Estamos todos na linha de frente”, concluiu ele.

Fonte: TPS / Texto: Alexander J. Apfel / Tradução: Isabella Amâncio / Foto: Hillel Maeir

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics