20/02/2016

Igreja Católica acusa Israel e omite violência palestina

Igreja Católica acusa Israel e omite violência palestinaA Igreja Católica acusa Israel pela onda de violência palestina.

O Patriarcado Latino de Jerusalém, representando a Igreja Católica na região, culpou Israel pela recente onda de violência palestina, alegando que a política de Israel criou desespero e frustração entre os palestinos que cometem atos terroristas.

O Patriarcado Latino expressou a sua posição em um comunicado da "Comissão Justiça e Paz" da sua Assembleia Ordinária dos Bispos, um painel que reúne o top clero católico em Israel, a Autoridade Palestina (AP) e Chipre.

O documento não faz qualquer menção à incitação à violência na sociedade palestina, redes sociais ou dos funcionários da AP; mas ele diz que "Os israelenses precisam de segurança e de paz".

A declaração afirma que a situação dos palestinos é "desumano" e afirma que os assentamentos, o "bloqueio de Gaza", "bloqueando o resto da Palestina", os postos de controle, a demolição de habitações e "comportamento soldados israelenses arbitrárias palestinos humilhantes "têm sido os últimos cinco meses de ataques palestinos contra civis israelenses e pessoal de segurança.

A declaração do Patriarcado latino, também afirma que a "judaização" de Jerusalém também tem sido uma fonte de encorajamento para a violência palestina.

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião