Coisas Judaicas : Facebook censura Pequena Sereia
[ ]
Latest News Updates
Facebook censura Pequena Sereia
07/01/16 Posted by Coisas Judaicas

 Facebook censura  Pequena Sereia
Pequena Sereia de burca

O Facebook é esquizofrênico, e isso se estende aos estagiários, adestrados para ignorar vídeos de execuções bárbaras, cachorros espancados e páginas de tarados babando em cima de meninas de 9 anos, mas exercendo o mais puro puritanismo anglo-saxão, banindo qualquer menção a algo que se assemelhe a nudez, como cotovelos.
A política de “nome real” permite que você crie quantos fakes quiser se for João da Silva, mas se você for um transsexual ou um índio (ou um índio transsexual, sei lá) boa sorte em usar seu nome de guerra (no caso do índio, calma militância!).
A última bobagem do Facebook veio direto da Dinamarca, Mette Gjerskov, uma deputada que inocentemente linkou em seu perfil do face um post de um blog do TV2, um canal de TV local.
 Facebook censura  Pequena SereiaEla recebeu um aviso de que o post foi bloqueado pelo Facebook, com base em que estaria exibindo nudez ou contendo imagens sexualmente sugestivas.
O post em questão era ilustrado com uma foto da Pequena Sereia, escultura de 1913 criada pelo artista Edvard Eriksen, inspirada na obra de Hans Christian Andersen.
O Facebook, como sempre, não se manifestou. Nas regras do site é proibida nudez mesmo para fins artísticos ou educacionais. Seria mais fácil de respeitar se a internet não estivesse repleta de gente pelada, e o Facebook não carregasse toneladas de páginas cheias de discurso de ódio bem piores do que uma foto de uma dona pelada.
 Facebook censura  Pequena SereiaPensando bem seria mais fácil se respeitar se os estagiários do Facebook não fossem completamente retardados e não censurassem uma escultura de 1913 de uma personagem de um livro infantil. Talvez na cabeça deles e do Zuckerberg um mundo ideal, seguro e fofinho para as crianças envolva uma Pequena Sereia de burca.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics