09/01/2016

Brasil troca indicação de Dani Dayan por condenação ao BDS

Dani Dayan - Coisas Judaicas
Diante da posição do governo brasileiro de segurar as credenciais de Dani Dayan, indicado para ser embaixador de Israel em Brasília, funcionários do governo israelense  afirmam que a Chancelaria desistiu de convencer o Brasil a aprovar o nome de Dayan.

Ex-líder dos colonos israelenses, Dayan deve ocupar um cargo diplomático em outro país.

Segundo as pessoas ouvidas pelo Times of Israel  não haverá mais tentativas de autoridades israelenses –nem mesmo do premiê Binyamin Netanyahu de ligar para a presidente Dilma Rousseff.

Segundo o jornal "Times of Israel", a chancelaria brasileira prometeu "regalias" aos israelenses no momento em que um novo candidato for anunciado. Uma dessas recompensas seria uma aprovação rápida do nome.

A FSP apurou ainda que o Itamaraty também se comprometeria a condenar boicotes a Israel, como o do movimento BDS (Boicote, Desinvestimento e Sanções).

Dayan deve ser enviado para um dos dois consulados gerais de Israel nos EUA, em Nova York ou Los Angeles. Haveria duas outras opções. Oficialmente, porém, ele não abriu mão do cargo no Brasil.

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião