Coisas Judaicas : Tenho vergonha da kipá do meu marido
[ ]
Latest News Updates
Tenho vergonha da kipá do meu marido
22/12/15 Posted by Coisas Judaicas

     Tenho vergonha da kipá do meu marido Por Aron Moss  
   
 Tenho vergonha da kipá do meu marido  

Estou casada há quase um ano. Meu marido é maravilhoso, e eu me sinto extremamente abençoada. 

No entanto, há algo que me aborrece e não abandona meus pensamentos. Quando estávamos saindo ele usava kipá o tempo todo, era um pouco mais observante do que eu, nos respeitávamos e nos entendíamos muito bem. A única coisa que não superei é o fato dele usa a kipá o tempo todo. É algo tão raro no meio social que frequentamos que sinto-me desconfortável e, às vezes, até mesmo envergonhada. Por mais que desejo que isto simplesmente não me incomodasse, a verdade é que me incomoda. Será que você poderia me ajudar a mudar essa atitude?

 
RESPOSTA:

Por Yanki Tauber

Você precisa avaliar o motivo da kipá lhe causar tanto incômodo. Vou dar um palpite: a Kipá do seu marido não a incomoda tanto. O que lhe causa incômodo é a opinião dos outros, o que pensam sobre o assunto e você acabou interiorizando essas opiniões como sendo suas. Esse é o motivo de sentir vergonha.

Talvez alguém da sua família também tenha feito algum comentários sobre este fato, você tenha observado estranhos lançando olhares de desaprovação ao seu marido ou viu amigos se fixando na kipá… Talvez você esteja certa na soma de todas essas atitudes. Mas não é seu problema. É deles.

Seu marido faz o que acredita ser correto, mesmo fugindo à norma. Há algo que fazemos com bastante frequência; tomamos a mesma posição de outras pessoas como se fossem nossas, e achamos que precisamos justificar nossas atitudes quando não são aprovadas pela maioria.

O problema não é seu, mas seu marido é. E da mesma forma que você o respeita por tantas outras razões, você deve respeitá-lo por isso também, acalmando as vozes internas que estão fazendo você sentir-se tão desconfortável. E há muito a respeitar sobre a atitude de seu marido. Ele faz o que acredita ser o certo, mesmo não sendo algo comum pois ele não está seguindo a multidão. Ele se mantém o mesmo em suas atitudes e convicções, sem a necessidade de se justificar ou se 'enquadrar' na imagem que os outros desejariam ou que seria o 'normal'. O raro de ver em seu marido não é o uso da kipá, mas no fato de ser quem ele é, alguém autêntico. Algo cada vez mais raro de ver aí fora. Sinta orgulho dele e de si mesma. Você escolheu bem.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics