Coisas Judaicas : Feijões-fava de 10 mil anos atrás são descobertos na região da Galiléia em Israel
[ ]
Latest News Updates
Feijões-fava de 10 mil anos atrás são descobertos na região da Galiléia em Israel
15/12/15 Posted by Coisas Judaicas

Feijões-fava de 10 mil anos atrás são descobertos na região da Galiléia em Israel

Galiléia (TPS) - Escavações arqueológicas no norte de Israel desenterraram as mais antigas sementes de feijão-fava do mundo. 

Segundo os arqueólogos, este resultado indica que o homem pré-histórico viveu no sul do Oriente Médio há 10 mil anos e consumia leguminosas na sua dieta.

Pesquisadores do Instituto Weizmann e a Autoridade das Antiguidades de Israel (IAA) acreditam que o homem antigo que viveu no Galileia era especializado no cultivo de leguminosas em geral, as favas em particular. "Esta é uma descoberta importante, que permiti uma compreensão mais profunda da revolução agrícola no sul do Oriente Médio", afirmou um dos pesquisadores. As sementes de fava foram encontradas nos últimos anos em sítios neolíticos na região da Galileia. Esta descoberta mostra que a dieta dos habitantes na época consistia principalmente de leguminosas como favas, lentilhas, ervilhas e grão de bico.


A idade das sementes, que foi calculada com técnicas avançadas no Centro Kimmel do Instituto Weizmann, indicou um intervalo de datas entre 9.890 a 10.200 anos atrás, sendo assim as mais antigas sementes de fava cultivadas do mundo.

As sementes bem preservadas foram encontradas em escavações, dentro de poços de armazenamento (celeiros) depois de terem sido descascadas. Segundo os pesquisadores, isso reflete o planejamento agrícola de longo prazo, em que as sementes armazenadas eram destinadas não só para a comida, mas também para garantir colheitas futuras nos próximos anos.
Feijões-fava de 10 mil anos atrás são descobertos na região da Galiléia em Israel

As sementes são de tamanho uniforme, mostrando que elas foram metodicamente cultivadas e colhidas no mesmo período de tempo,  quando os legumes tinham amadurecido. "A identificação dos locais onde as espécies de plantas que são hoje parte integrante da nossa dieta foram domesticadas pela primeira vez é de grande importância para a pesquisa”, acrescentaram os pesquisadores em uma declaração oficial.


"A revolução agrícola ocorreu nesta região na época. Diferentes espécies de animais e plantas foram cultivadas em todo o Levante, e é agora claro que a região que é hoje a Galileia tinha sido a principal produtora de legumes em tempos pré-históricos ". "Este é um processo que durou milhares de anos, durante o qual, certas características das espécies selvagens mudaram, e espécies de plantas cultiváveis  foram criadas", concluíram. "Até hoje, a maioria dos grãos de bico cultivados no país são cultivados na região da Galileia”. 



Fonte: TPS / Texto: Michel Bachner / Tradução: Aguinaldo Wechesler

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics