Coisas Judaicas : Egito liberta espião israelense em troca de dois egípcios presos em Israel
[ ]
Latest News Updates
Egito liberta espião israelense em troca de dois egípcios presos em Israel
10/12/15 Posted by Coisas Judaicas

Egito liberta espião israelense em troca de dois egípcios presos em Israel
AP
Foto de agosto de 2006 mostra Ilan Grapel em um hospital 
depois de ter sido ferido durante conflito entre Israel e Líbano
As autoridades do Egito libertaram nesta quinta-feira um homem acusado de espionar para Israel em troca da libertação de dois egípcios que estavam em prisões israelenses, em uma nova troca de prisioneiros entre os dois países.

O espião Ouda Tarabin ficou 15 anos preso no Egito e já tinha cumprido sua pena, segundo a agência oficial egípcia "Mena".Uma fonte oficial, citada pela agência, acrescentou que é esperada a libertação de outros cidadãos egípcios presos em Israel em breve, mas não deu mais detalhes.

Não vazou (informação) a identidade dos presos egípcios libertados nesta troca nem os motivos pelos quais estavam presos em Israel.Tarabin, um beduíno árabe-israelense, foi detido em 2000 depois de cruzar ilegalmente a fronteira entre Israel e Egito, e depois foi condenado por espionagem. 

Em outubro de 2011, Egito e Israel chegaram a um acordo para trocar 25 presos egípcios pelo suspeito de espionagem Ilan Grapel, israelense-americano de 27 anos.

O Egito lutou contra Israel em quatro guerras - 1948, 1956, 1967 e 1973, mas foi o primeiro país árabe a assinar um acordo de paz com Tel Aviv, em 1979.As relações entre os dois países sempre foram frias e se deterioraram particularmente durante o ano em que o islamita Mohammed Mursi foi presidente do Egito.

No entanto, a derrubada de Mursi em julho de 2013 e a chegada de Abdul Fatah al Sisi ao poder representaram um reviravolta na cooperação entre os dois países, especialmente no campo da segurança.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics