Coisas Judaicas : Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
[ ]
Latest News Updates
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
25/12/15 Posted by Coisas Judaicas

Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
Torre do Rei David - Coisas Judaicas
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus, e abriga algumas das construções mais antigas da história da humanidade
Capital de Israel, Jerusalém é uma cidade sagrada para as três maiores religiões monoteístas do mundo.
Poucas cidades representam tanto a religiosidade quanto Jerusalém. Terra sagrada para judeus, cristãos e muçulmanos - as três maiores religiões monoteístas -, a capital de Israel atrai fiéis do mundo inteiro, e promove uma verdadeira imersão na história da humanidade, afinal de contas, Jerusalém também é uma das metrópoles mais antigas do planeta. Milênios de história estampados na arquitetura e na fé.
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
Domo da Rocha e Mesquita de al-Aqsa são o terceiro complexo mais importante do islamismo,
atrás apenas de Meca e Medina, na Arábia Saudita 
Hoje, Jerusalém é uma cidade agitada e multicultural, com mais de 750 mil habitantes. Em suas estreitas e sinuosas ruas, um conjunto inigualável de igrejas, sinagogas e mesquitas que se harmonizam perfeitamente, em meio a construções monocromáticas típicas dos países do Oriente Médio. É simplesmente impossível não ficar fascinado pela história presente na cidade.
No Natal, as ruas da Cidade Antiga ficam abarrotadas de peregrinos que desejam reproduzir os caminhos que Jesus Cristo fez durante sua vida. Aliás, é justamente na Cidade Antiga que ficam algumas das construções mais emblemáticas de Jerusalém, como o Monte do Templo, a Basílica do Santo Sepulcro e a Mesquita de al-Aqsa.
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
Monte das Oliveiras - Coisas Judaicas
A Cidade Antiga é um sítio amuralhado incrustado no meio de Jerusalém. O local abriga construções milenares sagradas para judeus, cristãos e muçulmanos. Um dos lugares mais disputados do complexo é o Monte do Templo, o lugar mais sagrado do judaísmo, e também importante para as outras duas religiões monoteístas. O local abriga também o terceiro ponto de peregrinação mais importante do islamismo (atrás apenas de Meca e Medina), o Domo da Rocha e a Mesquita de al-Aqsa.
Diversidade de temperos e aromas é uma marca dos souqs, na Cidade Velha
Diversidade de temperos e aromas é uma marca dos souqs, na Cidade Velha
No Bairro Cristão, a grande atração da Cidade Velha é a Basílica do Santo Sepulcro, uma grandiosa construção com mais de 1500 anos de história. Segundo a tradição cristã, foi neste mesmo lugar que Jesus foi crucificado, sepultado, e ressuscitou no Domingo de Páscoa. Outro ponto indispensável para os cristãos é a Via Sacra, o caminho que Jesus fez entre o momento de sua condenação e o sepultamento. Os passos são repetidos diariamente por milhares de peregrinos, que percorrem da Igreja da Flagelação até o Santo Sepulcro, num total de 14 estações.
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus
Muro das Lamentações - Coisas Judaicas
Outra construção importantíssima para o judaísmo é o Muro das Lamentações. O muro de 55 metros é o único vestígio do Segundo Templo, destruído no ano de 68 pelos romanos. Milhares de fiéis se amontoam diariamente sobre a parede para fazer orações.
Antes de sair da Cidade Velha, outra atração imperdível são os souqs, mercados populares típicos da cultura árabe onde vende-se de tudo. Em Jerusalém, as tendas oferecem desde tecidos e objetos sagrados, até alimentos tradicionais da região, como os kebabs.
Capital de Israel é terra sagrada para muçulmanos, cristãos e judeus

No entanto, os resquícios da história não se limitam à Cidade Velha. Na Cidade Nova também há construções e museus emblemáticos, como o Museu de Israel, Museu do Livro e Museu do Holocausto. Porém, para os fiéis, a grande atração é o Monte das Oliveiras. Além da vista exuberante para toda Jerusalém, o local também é sagrado para judeus e cristãos. De acordo com as tradições judaicas, este será o lugar onde o Messias retornará no Dia do Julgamento. Para os cristãos, foi aqui que Jesus subiu aos céus. Por lá, não deixe de visitar a Igreja de Todas as Nações, a Tumba da Virgem Maria, e o jardim de Getsêmani.
Fonte: http://www.pureviagem.com.br/

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics