Netanyahu aprova venda de novas casas em Jerusalém Oriental
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, aprovou a venda de casas que devem ser construídas em uma colônia de Jerusalém Oriental, informou uma fonte governamental, nesta terça-feira.
"O primeiro-ministro aprovou as unidades", indicou à AFP, confirmando, assim, as informações de meios de comunicação que indicavam que Netanyahu havia aprovado a venda de 436 unidades em Ramat Shlomo e outras 18 em Ramot.
Em 2010, Israel anunciou planos de construir 1.600 casas em Ramat Shlomo, um bairro ultraortodoxo judeu, em uma zona majoritariamente árabe no leste de Jerusalém.
O anúncio foi feito enquanto o vice-presidente americano, Joe Biden, visitava Israel, o que provocou uma forte reação dos Estados Unidos e piorou as relações entre os dois países durante meses.
Os planos foram suspensos para evitar tensões, mas, em maio deste ano, 900 unidades voltaram a ser aprovadas, depois da abertura de um novo cruzamento que dá acesso ao bairro.
Israel assumiu Jerusalém Oriental após a guerra de 1967 e aplicou à zona uma decisão que não foi aprovada pela comunidade internacional.

Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Blog Judaico - Tudo sobre Israel, judaísmo, cultura e o mundo judaico

Deixe seu comentário:

0 comments:

Deixe sua opinião