Coisas Judaicas : Ministros pretendem reduzir os custos de férias em Israel
[ ]
Latest News Updates
Ministros pretendem reduzir os custos de férias em Israel
12/11/15 Posted by Coisas Judaicas

Ministros pretendem reduzir os custos de férias em IsraelO ministro do Turismo Yariv Levin e o ministro das Finanças, Moshe Kahlon, apresentaram um plano nacional na quarta-feira, 11/11, que visa reduzir os custos de férias em Israel.

"Nós, em conjunto, estamos apresentando hoje um programa nacional amplo que, pela primeira vez, lida com as questões centrais do turismo e cria um processo histórico que, de acordo com fontes profissionais, vai reduzir o custo de férias em Israel em cerca de 20% ao longo de cinco anos ", explicou o ministro do Turismo, Yariv Levin. "Este é um passo que será sentido no bolso de cada um de nós."

Como parte do plano apresentado pelos ministros Levin e Kahlon, cerca de 15 mil quartos de hotel serão construídos ao longo dos próximos cinco anos e 27 mil quartos de hotel ao longo dos próximos dez anos. O aumento no número de quartos de hotel destina-se a aumentar a concorrência, ajudando a reduzir os custos de férias em cerca de vinte por cento.

Além disso, os hotéis serão considerados "infraestrutura nacional", permitindo que o processo de aprovação de construção de hotéis pelo Comitê Nacional de Infraestrutura seja muito mais fluido e rápido.

Em particular, o plano visa criar um ambiente de negócios mais fácil para os empreendedores da indústria hoteleira. "O programa vai garantir que os empresários não sejam obrigados a passar por aprovações burocráticas, e a construção de um hotel em Israel não será mais um sonho", disse Levin.

O plano também tenta minimizar o risco para os empresários. Comitês locais independentes, por exemplo, serão capazes de aprovar até 20% dos direitos dos hotéis para fins residenciais, ajudando a reduzir o risco assumido pelos empresários em um projeto de hotel.

"Nós estamos fornecendo uma resposta e uma solução para os empresários e investidores de Israel e estrangeiros que, até agora, têm sido impedidos de investir em hotéis em Israel, e estamos reduzindo o risco econômico inerente a investimentos", explicou Levin apontando para os potenciais benefícios para os empreendedores.

O ministro das Finanças Moshe Kahlon, presidente do partido Kulanu, reiterou as observações do ministro Levin. "Reforçar o setor do turismo nestes tempos, em particular, é do interesse nacional", disse Kahlon.

"Encurtar os procedimentos para planejamento e construção na indústria une-se às outras iniciativas no mercado imobiliário que estamos conduzindo, removendo os obstáculos e reduzindo a burocracia desnecessária", continuou Kahlon. "Vamos continuar a trabalhar para aumentar a concorrência, reduzir o custo de vida e facilitar a vida dos cidadãos em todas as esferas da vida."

Obstáculos burocráticos e um déficit de quartos de hotel pressionou os ministros Levin e Kahlon a iniciar reformas na indústria hoteleira. Apesar da construção de aproximadamente 3 mil novos quartos de hotel em Israel durante a última década, o custo para pernoite em hotel aumentou cerca de 70% no mesmo período de tempo.

O plano nacional tem o objetivo de adequar a oferta com a crescente demanda e está programado para ser apresentado para a aprovação do governo no domingo, 15 de novembro.

Fonte: TPS / Texto: Jonathan Benedek / Tradução: Alessandra Franco

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics