Coisas Judaicas : Ministério da Justiça pede desculpas por polêmica sobre jihadistas
[ ]
Latest News Updates
Ministério da Justiça pede desculpas por polêmica sobre jihadistas
09/11/15 Posted by Coisas Judaicas



Uma polêmica na Internet envolvendo a defesa da imigração de "jihadistas" para o Brasil levou o Ministério da Justiça a determinar o afastamento da empresa terceirizada responsável pela moderação dos comentários publicados pela pasta em redes sociais. O comentário foi feito em um post da campanha Imigração, lançada há cerca de um mês pelo Ministério da Justiça para combater a xenofobia e defender a tolerância e o respeito dos brasileiros em relação aos imigrantes que têm chegado ao país.
Em resposta a uma mensagem publicada por um internauta na página do ministério no Facebook, a empresa especializada em mídias sociais que fazia a moderação do conteúdo publicou que os jihadistas, "assim como qualquer outro povo", vêm ao Brasil para "trazer mais progresso" ao país.


Muitos grupos jihadistas tentam estabelecer Estados islâmicos em seus países de origem, como o Boko Haram, na Nigéria. Outros, como a Al-Qaeda, querem reestabelecer o antigo califado que se estendia da Espanha e do norte da África até a China e a Índia.
Em razão da polêmica, o Ministério da Justiça publicou a seguinte mensagem no Facebook: "O Ministério da Justiça lamenta o erro cometido na resposta na qual confunde jihadistas com um povo. O erro crasso foi corrigido".

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics