Coisas Judaicas : História bem legal
[ ]
Latest News Updates
História bem legal
11/11/15 Posted by Coisas Judaicas


Por Marcelo Szpilman*

Há histórias que precisam ser contadas. Se não pela simples vaidade do contador, então por sua importância em demonstrar que é possível atingir e contagiar crianças e jovens para dedicar-se à continuidade do nosso trabalho.

Em julho de 2014, recebi um email da Sra. Patrícia Neves relatando que seu filho Johann, com oito anos de idade, cursando o quarto ano do ensino fundamental, portador de “altas habilidades” (sinônimo de superdotação), teria o meu livro Tubarões no Brasil como livro de cabeceira e que gostaria muito de estabelecer um contato comigo, com a biologia marinha e, se possível, ter vivências no AquaRio. Após os agradecimentos pelo contato, esclareci que seria possível sim, mas que o Aquário Marinho do Rio só estaria apto a receber visitantes em 2016.

Em setembro de 2015, recebi outro email da Sra Patrícia expondo o seguinte: Johann está com nove anos e foi convidado pela equipe do GreenNation para ser colunista do site. 

Ficamos super felizes e ele já está no ar. Um dos próximos textos dele foi desenvolvido após ler seu livro onde se refere ao autor que o inspirou. Algum problema? Torcendo para ser um dos textos a ir para o site. Estou escrevendo apenas para transmitir a importância do seu trabalho nas novas gerações (e a pedido do Johann, que não desiste fácil de tentar esse contato com você).”

Respondi parabenizando mãe e filho, não me opondo (obviamente) a ser citado como referência e solicitando o link quando o texto fosse publicado no site. No final de outubro recebi um novo email.

Conforme solicitado, segue o link para o texto onde há referências ao trabalho do senhor. Foi publicado pelo Green Nation há quatro dias e já tiveram mais de 300 compartilhamentos. Porém, como disse anteriormente, Johann se encanta pelo estudo e contato com animais, campo ainda com poucos trabalhos sobre inclusão de crianças com diagnóstico de altas habilidades. Por isso, mantenho este contato visto que o Aquário do Rio tem esse potencial. Sou além de mãe, médica psiquiatra e por isso tento viabilizar novos espaços para esta possibilidade. Neste contato, que faço como mãe, gostaria apenas de transmitir ao senhor a alegria de meu filho ao produzir este texto imaginando que poderia ser lido por alguém que ele admira. Grata, muito grata por este canal de comunicação.”

Fiquei muito lisonjeado e emocionado ao perceber que meu trabalho e meus livros cumprem funções que muitas vezes não me dou conta. Não pode haver maior retribuição profissional do que ser alvo de admiração e servir de inspiração para as novas gerações. Talvez sem se dar conta, o Johann, através de sua mãe, me proporcionou um ótimo momento de realização pessoal. Espero que ele leia esse texto e que, muito em breve, possamos nos encontrar no AquaRio.

Compartilho abaixo o link da publicação do texto.

*Marcelo Szpilman, biólogo marinho formado pela UFRJ, com Pós-graduação Executiva em Meio Ambiente (MBE) pela COPPE/UFRJ, é autor dos livros Guia Aqualung de Peixes (1991) e de sua versão ampliada em inglês Aqualung Guide to Fishes (1992), Seres Marinhos Perigosos (1998), Peixes Marinhos do Brasil (2000) e Tubarões no Brasil (2004). Atualmente, é diretor-presidente do Aquário Marinho do Rio de Janeiro, diretor-executivo do Instituto Ecológico Aqualung, diretor do Projeto Tubarões no Brasil e membro do Conselho da Cidade do Rio de Janeiro (área de Meio Ambiente e Sustentabilidade).

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics