Coisas Judaicas : Como acertar um casamento?
[ ]
Latest News Updates
Como acertar um casamento?
08/11/15 Posted by Coisas Judaicas

Rabino Kalman Packouz - Coisas Judaicas
Por Rabino Kalman Packouz
Ambas as partes em um casamento têm responsabilidades. Quando cada um se concentra em suas responsabilidades, existirá felicidade neste casamento.

A história se passa na hora do almoço numa construção. Um novo trabalhador abre a sua marmita e diz: “Droga: Um sanduíche de salame. Detesto salame!” No segundo dia, na hora do almoço, o novo peão abre sua marmita e novamente fala: “Droga. Um sanduíche de salame. Detesto salame!” Quando encontra um sanduíche de salame no terceiro dia, um de seus colegas lhe diz: “Por que você simplesmente não fala para a sua esposa que detesta salame e pede que lhe faça qualquer outra coisa?” O novo peão responde: “Eu gostaria, mas sou eu quem prepara minha marmita”.
Muitos de nós preparamos nossas próprias marmitas e depois reclamamos delas. Casamentos ‘ruins’ são apenas um exemplo deste fenômeno. Há um velho ditado: ‘Uma esposa feliz é uma vida feliz’, porém, quantos maridos gritam e berram com suas esposas? (sim, existem esposas que gritam e berram com seus maridos, mas é difícil rimar ‘Um marido feliz é um… ’) Então, o que estes ‘berradores’ esperam alcançar? Que suas esposas lhes digam: “Pôxa… Nunca havia pensado desta forma antes. Eu estava errada. Obrigado por me mostrar meu erro e corrigir meus caminhos!”? O único detalhe é que … as coisas não funcionam desta maneira.
A Torá nos ensina que o casamento completa a pessoa. Nosso cônjuge é nossa outra metade. Portanto, faz sentido ‘não pisar no próprio pé’. Ambas as partes em um casamento têm responsabilidades. Quando cada um se concentra em suas responsabilidades, existirá felicidade neste casamento. Quando o marido ou a esposa se concentram em checar se o outro cônjuge está cumprindo suas responsabilidades, o problema estará nascendo.
O Rabino Noah Weinberg Z”TL, fundador e diretor da Yeshivá Êsh HaTorá, sempre ensinou aos seus alunos que um dos segredos da harmonia conjugal é reservar os primeiros 15 minutos ao se chegar em casa como momentos de atenção para sua esposa/marido: “Pergunte-lhe 3 coisas: ‘Como vai? O que você fez hoje? No que está pensando? ’ “ Isto mudará seu casamento!
Meu grande amigo, o Rabino Zelig Pliskin, em seu livro ‘Marriage — A Wise and Sensitive Guide to Making Any Marriage Even Better’ (Casamento – Um Guia Inteligente e Sensível para Tornar Qualquer Casamento Ainda Melhor) – um livro com centenas de casos reais – escreve que as 5 palavras mais importantes num casamento são: ‘Não Cause Sofrimentos, Proporcione Prazer’. Tenha isto em mente constantemente antes de agir ou falar! As regras a seguir foram extraídas de um contrato feito de comum acordo por um casal, para melhorar suas vidas:
REGRAS PARA UM RELACIONAMENTO MELHOR
1- Concordo em cumprimentá-lo(a) entusiasticamente toda vez que entrar em casa.
2- Concordo em conversar sem levantar a minha voz. Se por acaso isto ocorrer, você só precisa dizer: “Por favor, fale num tom agradável”. Concordo em aceitar isto sem argumentar que já estou falando num tom agradável.
3- Concordo em discutir suas impressões sobre quaisquer planos que eu fizer que afete você. E não farei planos unilateralmente.
4- Concordo em não falar com sarcasmo.
Moral da História: Se quisermos um casamento feliz, mantenhamos os olhos fixos no alvo. Perguntemo-nos o seguinte antes de fazer ou falar qualquer coisa que afete as nossas famílias: “Isto tornará meu casamento mais feliz? Melhor?” Se não, então não o faça ou não o diga.
Sucesso na vida exige disciplina!

Pensamento: Algumas pessoas são tão pobres – a única coisa que elas tem é dinheiro!

RABINO KALMAN PACKOUZ – Do Aish Hatorá, é o criador do Meór Hashabat, boletim semanal com prédicas.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics