Coisas Judaicas : Frases célebres de Golda Meir
[ ]
Latest News Updates
Frases célebres de Golda Meir
20/09/15 Posted by Coisas Judaicas

Golda Meir - Coisas Judaicas
"Muitas vezes fui acusada de conduzir as questões públicas mais com a emoção do que com a razão. Bem... e se for verdade? Aqueles que não sabem chorar com o coração tampouco sabem rir".

"Tenho uma queixa contra Moshé Rabeinu. Ele nos conduziu durante 40 anos pelo deserto e nos trouxe para um dos raros lugares do Oriente Médio onde não há petróleo".

"Sou eu quem tem que comandar o relógio e não me deixar ser comandada por ele".

"Um professor ensina a ler, escrever, calcular e assim por diante. Um educador adiciona a essas matérias algo mais importante: o espírito".

"Não seja tão humilde. Você não é tão grande como imagina".

"A paz virá quando os árabes amarem os seus filhos tanto quanto nos odeiam". Perante o Clube Nacional da Imprensa, em Washington, 1957

"Estou convencida de que haverá paz entre Israel e seus vizinhos porque milhões de árabes precisam da paz tanto quanto nós. Uma mãe árabe que perde seu filho no campo de batalha chora tão amargamente quanto uma mãe israelense na mesma condição".

"Nós devemos considerar que o caminho para a paz pode ser difícil, mas não tão difícil quanto o caminho para a guerra". Para Sadat, durante sua visita a Jerusalém, 1977

"A única alternativa para a guerra é a paz. E a única alternativa para a paz é a negociação".

"Enfrentar a idade avançada é como estar a bordo de um avião durante uma tempestade. Não há o que fazer. É impossível parar o avião, parar a tempestade ou parar o tempo. Portanto, o melhor é aceitar a situação e seguir em frente, com calma e sabedoria".

"Não é possível apertar as mãos com os punhos fechados".


"Acredito que teremos paz com os nossos vizinhos, mas estou certa de que ninguém fará paz com um Israel fraco. Se Israel não for forte, não haverá paz".

"Nós podemos perdoá-los por matarem os nossos filhos. Mas jamais os perdoaremos por terem obrigado nossos filhos a matarem os seus". Para Anuar Sadat, presidente do Egito, antes dos acordos de paz

"Eu sempre repeti que em nossas guerras contra os árabes tínhamos uma arma secreta: a falta de alternativa".

"É melhor receber críticas do que condolências".

"Se os palestinos baixarem as armas, haverá paz. Se os israelenses baixarem as armas, não haverá mais Israel".
Curta-nos no Facebook     Coisas Judaicas

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics