Coisas Judaicas : Após a Tragédia.
[ ]
Latest News Updates
Após a Tragédia.
02/09/15 Posted by Coisas Judaicas


Por Rabí Israel Meir Lau

 Foto: Chaya Zissel Braun, bebê de 3 meses assassinada em ataque terrorista em Jerusalém em 22 de outubro de 2014 .

Numa chocante coincidência, o paramédico despachado para a cena de um ataque terrorista em Jerusalém no qual o bebê de três meses, Chaya Zissel Braun foi morto no ano passado, fez o parto recente do segundo filho do casal.
Há dez meses, o paramédico árabe-israelense Ziad Dawiyat estava de plantão quando um atentado terrorista ocorreu. No mês de outubro, Chaya Zissel e seus pais estavam voltando do primeiro passeio ao Muro Ocidental quando um carro dirigido pelo morador de Silwan, Abdelrahman al-Shaludi atingiu os pedestres que esperavam na entrada da estação de trem Ammunition Hill. Chaya Zissel foi atirada para fora do carrinho, e caiu na calçada. Dawiyat e os outros paramédicos que atenderam à cena conseguiram ressuscitá-la na cena, mas ela morreu duas horas depois no Hospital Hadassah-Mount Scopus. Karen Yemina Muscara, de 22 anos, também foi morta durante o ataque. Oito pessoas ficaram feridas. Membros da família disseram aos repórteres em outubro que o casal Braun tentou durante anos conceber um filho antes de Chaya Zissel nascer. Dawiyat transportou o bebê Braun, gravemente ferido, de ambulância até o hospital.

Em um domingo, quando Hannah Braun entrou em trabalho de parto com o segundo filho do casal, seu marido Shmuel chamou uma ambulância e Dawiyat, um paramédico sênior e sua equipe foram despachados para a casa do casal em Jerusalém. Quando eles chegaram, Dawiyat disse que o trabalho de parto estava tão adiantado que ela não podia ser transferida até o hospital, então ele e sua equipe fizeram o parto da menina no apartametno do casal. Foi somente após o parto que Dawiyat disse que uma Hannah “chocada” o reconheceu.

“Ela me agradeceu, mas eu não sabia o que fazer nem o que dizer - dar a eles os parabéns ou dar minhas condolências,” disse Dawiyat. “Eu estava tão comovido que apenas lhes desejei ‘mazal tov’ e uma vida longa e feliz.”

“Eu jamais teria imaginado, nem mesmo em meus sonhos, que conseguiria completar o ciclo com os Braun, mas este mundo é pequeno,” acrescentou ele.

Dawiyat disse que os Braun o convidaram para sua casa, e disse que eles planejavam manter contato.

“Agradecemos ao Todo Poderoso por tudo e por nos dar uma filha hoje. Quero agradecer a Ziad e a toda a equipe MDA que mais uma vez provaram estar sempre a postos para salvar vidas e ajudar quem precisa,” disse Shmuel emocionado após o parto.

   

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics