21/08/2015

Israel diz ter matado 5 militantes em ataque na parte do Golã sob controle sírio

Israel diz ter matado 5 militantes em ataque na parte do Golã sob controle sírio

Por Suleiman Al-Khalidi e Dan Williams
AMÃ/JERUSALÉM (Reuters) - Israel disse que matou nesta sexta-feira pelo menos cinco militantes palestinos em um ataque aéreo na parte das Colinas do Golã que está sob controle sírio, após disparos de foguetes do lado da Síria. Foi o mais pesado bombardeio israelense desde o início da guerra civil na Síria.
Um funcionário da Defesa israelense afirmou que as pessoas mortas no ataque aéreo de sexta-feira eram militantes palestinos da Jihad Islâmica, grupo apoiado pelo Irã. "Nós sabemos agora de cinco ou seis palestinos terroristas da Jihad Islâmica mortos", disse o oficial.

Uma fonte do Exército sírio disse que o ataque, efetuado às 10h30 (4h30 pelo horário de Brasília), atingiu um carro em uma vila na parte das Colinas de Golã sob controle sírio, matando cinco civis. Segundo a televisão estatal, a fonte disse que o bombardeio ocorreu perto de Quneitra, nas imediações da parte do Golã que está sob ocupação de Israel.

A ação se seguiu a pesados ataques de Israel durante a noite contra posições do Exército sírio na zona fronteiriça, em retaliação por foguetes que as autoridades israelenses disseram ter sido disparados da Síria pela Jihad Islâmica.

Os foguetes caíram perto de uma vila israelense, provocando incêndios, mas sem causar vítimas. A Jihad Islâmica negou envolvimento.

Ao ser indagado sobre o ataque, um dirigente da Jihad Islâmica, Mohammad Al-Hindi, não confirmou que membros do grupo tinham sido atingidos, mas disse aos repórteres em Gaza: "Se as informações forem corretas, a Jihad Islâmica sabe defender seus homens."



SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião