02/08/2015

Extremistas judeus ameaçam presidente de Israel

Extremistas judeus ameaçam presidente de IsraelJerusalém, 2 ago (EFE).- A presidência israelense apresentou neste domingo uma denúncia à polícia por ameaças de morte ao chefe do Estado, Reuven Rivlin, por demonstrar "vergonha" pelo assassinato de um bebê palestino e repudiar o ataque contra a Parada do Orgulho Gay em Jerusalém. 

Em discurso na noite de sábado perante mil manifestantes em Jerusalém, Rivlin se mostrou a favor da tolerância e desde então proliferam as ameaças contra sua vida nas redes sociais, informou a presidência. 

Foi divulgada no Facebook nas últimas horas uma foto do presidente israelense com um keffiyeh (lenço) palestino, no qual os autores da edição colocaram o símbolo da presidência da Autoridade Nacional Palestina e a legenda: "Rivlin, traidor, que sua memória seja esquecida". 

A polícia ainda não confirmou a abertura de uma investigação. Os principais ataques ocorreram na página de perfil da presidência, onde o discurso recebeu comentários de vários extremistas.

SHARE THIS

Author:

Dúvidas, sugestões de pautas, críticas, publicidade, parcerias, etc. Entre em contato pelo seguinte email: coisasjudaicas@gmail.com

0 Comentários:

Deixe sua opinião