Coisas Judaicas : Criação do Mundo
[ ]
Latest News Updates
Criação do Mundo
24/08/15 Posted by Coisas Judaicas

Criação do MundoPergunta:
Onde está escrito que os seis dias da Criação eram de 24 horas cada?

Resposta:
Assim como atualmente o dia é dividido em 24 horas, da mesma forma ocorreu nos seis dias da Criação. Isto está implícito no dito dos versículos que tratam da Criação: "...foi dia e foi noite, dia um;...foi dia e foi noite, segundo dia, etc." Realmente, não há um lugar especifico na Torá onde consta que o dia foi dividido em horas. Porém, a intenção não é no número de horas, mas sim que o dia da Criação teve a mesma duração dos dias atuais.

Embora certos trechos da Torá tenham interpretações mais profundas, nossos sábios deixaram bem claro que o versículo primeiramente deve ser entendido conforme a explicação mais simples, sendo que esta tem preferência sobre as outras, salvo quando nossos sábios dizem o contrário.

Dentro deste raciocínio, os seis dias da Criação foram dias normais e não duraram milhões de anos, conforme outras interpretações, pois esta forma de entender discorda totalmente da opinião de nossos sábios.

Já no Talmud e na Halachá, Lei Judaica, encontramos muitas vezes dia e noite divididos em 24 horas; por exemplo: a) o Shemá matinal deve ser recitado até o final da terceira hora do dia; b) na véspera de Pêssach só pode-se ingerir chamêts, alimentos levedados, até o final da quarta hora do dia. Assim também no que diz respeito aos horários das orações, do Shabat e das Festas Judaicas. Estas, porém, não são horas comuns de 60 minutos; cada hora é 1/12 do tempo que compreende do nascer ao pôr-do-sol, enquanto o horário noturno é compreendido do pôr ao nascer do sol.

Nos dias de verão, cada hora tem mais de 60 minutos e no inverno menos de 60 minutos. No início da primavera e do outono, cada hora tem aproximadamente 60 minutos. Porém no total, dia e noite completam as 24 horas normais. Estas horas não são usadas apenas como uma forma simples e convencional para medir o tempo, mas misticamente cada hora traz uma nova vitalidade ao mundo.

É conhecida a história de Rabi Schneur Zalman, o primeiro Rebe de Chabad, no período em que se encontrava na prisão russa por motivo de perseguição religiosa. Para testá-lo, colocaram-no por alguns dias numa cela escura, em cujo interior não se podia distinguir entre dia ou noite. Um pouco após o meio dia, perguntaram-lhe o que fazia acordado de madrugada, e o Rebe lhes disse a hora exata da tarde. Quando perguntaram como poderia saber isto numa cela escura, o Rebe explicou que durante o dia iluminam o mundo as doze combinações das quatro letras do Tetragrama (Y-H-V-H) e à noite brilham outras doze combinações, as das letras do nome Divino (A-D-N-Y). Assim, a cada hora, o mundo recebe sua vitalidade de uma destas combinações que simbolizam transmissões de vida Divina. Quem tem sensibilidade para "sentir" estas vibrações, pode saber a hora exata sem necessitar de relógio.

Nos livros cabalísticos consta que a cada hora do dia D'us emana uma nova luz que dá vida ao mundo, sendo que a vitalidade anterior volta à fonte. Em outras palavras, as 24 horas do dia fazem parte da criação diária dos mundos.

Coisas Judaicas

Agradecemos por sua visita! Se você gostou, use um dos botões acima e compartilhe!

Nenhum comentário:

Leave a Reply

Deixe sua opinião

Real Time Web Analytics